Fadiga na menopausa pode se tornar um sintoma frequente

Compartilhe
fadiga-na-menopausa

Que a mulher na menopausa é acometida por vários sintomas todos já sabem, mas por que o cansaço é um deles? Você também sente a fadiga na menopausa? Descubra mais sobre ela!

O que é a fadiga?

A fadiga é uma sensação fraqueza, que é descrita como uma falta de capacidade do corpo de continuar funcionando ao nível normal, pelo sentimento de excesso de esforço. Ela é mais comum ao fazer exercícios pesados, que exigem muita energia do organismo, mas, também pode aparecer por diversos outros motivos.

De acordo com especialistas, o cansaço é uma das 5 reclamações mais comuns quando os pacientes procuram aos clínicos gerais.

Motivos para o surgimento da fadiga

Hábitos

  • Consumo em excesso de bebidas com álcool;
  • exagero na ingestão de cafeína;
  • abuso de remédios psicoativos;
  • muita atividade física;
  • falta de atividade (sedentarismo);
  • insônia no geral;
  • uso de xaropes ou anti-histamínicos;
  • dieta não balanceada.

Alterações psicológicas

Doenças

Por que a fadiga se torna frequente na menopausa?

A fadiga é um sintoma muito comum em mulheres que atingem a fase da menopausa, devido aos hormônios, mais precisamente, à queda deles. Ela aparece pois é uma consequência de outro problema encontrado no climatério: a insônia, ou seja, quando não se dorme direito, a sensação de cansaço durante o dia se torna muito mais frequente.

fadiga-na-menopausa
fadiga na menopausa

A melatonina é um hormônio fabricado de forma natural em nosso organismo, tendo maior concentração na pele. Este elemento é responsável pela vontade de dormir, pois está ligado ao ritmo circadiano (ciclo biológico dos seres humanos de 24h, influenciado principalmente pela variação de luz e temperatura).

Com a chegada da menopausa, a produção de melatonina é reduzida, assim como de outros hormônios corporais, causando os distúrbios de sono, que geram a fadiga.

Dicas para evitar e tratar a fadiga na menopausa

1. Enxergar

Quando a fadiga aparece, é preciso observar primeiramente seu estilo de vida. Seu trabalho e o lazer estão em equilíbrio? Se sente sobrecarregado física ou mentalmente? Está dando conta de fazer tudo? Se a resposta for não, tente dividir melhor suas tarefas, para que seu corpo não sinta as consequências.

2. Exercícios físicos

Praticar atividades físicas regularmente pode melhorar sua resistência física. Aconselha-se fazer ao menos 30 min. de exercícios físicos diariamente. Também é indicado pela medicina trabalhar o sistema cardiovascular, exercitando pelo menos 2 vezes por semana, por 1h e 30min.

3. Dormir em horários regrados

Estabelecer horários fixos para dormir pode auxiliar a regular o sono (mesmo aos fins de semana), pois o próprio corpo se acostuma com isso. Dormir demais também pode deixar o corpo mais cansado, tente despertar cedo!

4. Livro chato

Ler faz bem, tanto para o corpo como para a mente, e ainda ajuda a diminuir a insônia. É preciso saber se não é o livro que tem afastado seu sono, pois seu livro de cabeceira pode ter um assunto que chame muito a sua atenção.

5. Chá morno

Os chás que não são a base de cafeína ajudam a relaxar e por isso são boas opções para induzir o sono, mas é importante verificar a temperatura da bebida. Chás de camomila ou erva-doce, por exemplo, em altas temperaturas, podem causar ao invés de sono, insônia. Prefira o chá em temperatura ambiente ou morno antes de dormir.

6. Música

É claro que para dormir a dica é colocar uma música calma, que te faça relaxar e não algo agitado para você sair dançando e acabar despertando ainda mais do sono.

7. Massagem

Ajuda a dormir melhor, pois relaxa os músculos e a mente. Afinal, um dos maiores causadores da insônia, hoje em dia, é o estresse e as tensões acumuladas do dia a dia.

8. Alimentação balanceada

É importante ter uma alimentação saudável, baseada em alimentos nutritivos, com baixo consumo de calorias, gordura e sal. Isso evita a sobrecarga do corpo, que tem de trabalhar mais para eliminar os excedentes.

9. Suplementação natural

O uso de suplemento natural na menopausa pode ser uma ótima alternativa. Compostos como o famoso Active Woman Plus por exemplo, são boas alternativas para reduzir de forma saudável os sintomas do climatério, já que unem nutrientes essenciais como: óleo de prímula, óleo de linhaça, gérmen de soja, ômega 3 e ômega 6, não tendo o risco da reposição hormonal.

reposicao-hormonal

10. Beber muito líquido

O ideal é beber 1,5 a 2 litros de água ou suco natural por dia. A água ajuda a hidratar as células do organismo, o que lhes permite ter um desenvolvimento melhor, e também auxilia na eliminação de toxinas.

11. Evitar o fumo

Fumar causa diversos problemas ao corpo, um deles é o aumento da fadiga, pois pode prejudicar seu sistema respiratório, fazendo com que a resistência à exercícios fique baixa.

Sente muita fadiga na menopausa? Qual atitude você toma para espantar a sensação de cansaço? Conte mais sobre você, aqui no Saudável e Feliz!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

8 COMENTÁRIOS

  1. tenho 52 anos estou sentindo muito cansaço falta de ar pode ser da menopausa o que fazer ,fui ao medico fiz vários exames e deu que meu colesterol esta um pouco alto ,me passou uma dieta disse ,o cha de amora ajuda ,minha pressão anda desregulada,o que fazer

    • Olá Márcia! O cansaço exagerado é uma característica do colesterol alto e mudar a alimentação é uma das principais formas de diminuir. O falta de ar pode ser sim da menopausa, isso se a senhora sente outros sintomas também como calorões, irritabilidade e tonturas. A senhora pode continuar tomando o chá de amora, porém ele vai ajudar mais nos calorões, enquanto o suplemento natural mais completo como o AW Plus vai aliviar mais sintomas. Mais informações nesse link aqui: https://goo.gl/FBXjRW

  2. Gostei muito da reportagem, agora estou entendendo sobre todos os sintomas que tem me acometido 😢
    Espero que em breve isso tudo passe 🙏

    • Olá Cleide, boa tarde! Que bom que você gostou da matéria. Fique bem! O seu maior aliado contra os sintomas da menopausa é o conhecimento, e esse (conhecimento) você já está buscando, continue assim. Os sintomas irão passar, basta continuar buscando hábitos saudáveis e uma alimentação rica em nutrientes. Conte conosco sempre! Um forte abraço e um beijo da equipe Saudável e Feliz.

  3. Faço tratamento contra a síndrome do pânico mas sinto fraqueza as vezes no corpo principalmente nos períodos que antecede a menstruação sinto calor fadiga falta de ar tenho também falta de memória muita dor nos peitos parece que dói até na pele da costela tonturas isso pode ser sintomas do climatério porque tem mês que não sinto essas coisas . Tomo anticoncepcional e minha menstruação diminuiu muito. Gostaria de saber se tem haver com climatério ou é decorrente da síndrome . Desde já agradeço.

    • Olá Claudete! O tratamento para síndrome do pânico podem ser medicados com antidepressivos (receitados pelo psiquiatra), mas a conversa com um psicólogo é fundamental para a mudança de comportamento. Converse com esses seus médicos que podem indicar efeitos colaterais dos remédios que você tem tomado que podem sim causar falta de ar em alguns casos. O climatério também acarreta todos esses sintomas descritos acima, porém como você já trata uma síndrome é ideal primeiro conversar com seu médico para depois procurar um ginecologista e fazer o exame de contagem hormonal. Desejamos melhoras! Equipe Saudável & Feliz

  4. SHEILA Olá pessoal;boa noite eu tenho 46 anos ando muito cansada sem paciência .tenho muito desanamino,minha menstruação ficou 6 meses sem vir e agora desceu ;mas me sinto muito estressada,já fiz exames hormonal ,estou usando progesterona cremes -mas o desânimo está me deixando muito mau ,e última mente estou com as mãos e os pés meio amarelado ;vou no médico amanhar pra ver -oque pode ser :será que isso vem da menopausa…ou será uma anemia ou outra coisa ,,.,sinto angústia tudo -e estou mau também pelo ganho de peso ——-é deprimente —-obrigada quem puder me ajudar 💗💅💗😭😍😩😫desde já agradeço 💋SHEILA Botteon

    • Olá Sheila! Como sua menstruação veio depois de 6 meses, quer dizer que você não está na menopausa ainda, mas está no climatério – seus níveis de estrogênio estão em queda e por isso tantos sintomas estão se manifestando. Quanto a cor amarelada, não temos relato de relação com este período. Com a sua consulta e exames apropriados terá o resultado – que torcemos não ser nada grave. Quanto aos sintomas do climatério como irritabilidade – tente fazer atividades que lhe dão prazer e tire um tempo para você, isso será muito benéfico para a saúde mental. Abraços. Equipe Saudável & Feliz

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui