Insônia na Menopausa: Como dormir melhor?

Compartilhe
insonia-na-menopausa

Você não está dormindo bem? Não sabe como combater a insônia na menopausa? Pois é, esse é um problema comum entre muitas mulheres que estão na faixa etária entre 45 e 55 anos.

A menopausa se caracteriza pela interrupção do período menstrual da mulher, ou seja, é quando a mulher cessa seu ciclo reprodutivo, porém os vários sintomas desagradáveis dessa fase surgem bem antes de ela de fato acontecer. E a falta de sono na menopausa é uma das principais queixas que deixam o sexo feminino ainda mais irritado com a situação.

O que muda na mulher com a proximidade da menopausa

Com a proximidade da menopausa ocorre uma diminuição na produção de estrogênio, o hormônio feminino responsável pelo ciclo de ovulação. Além de muitos outros aspectos envolvidos na saúde física e emocional da mulher, essa diminuição hormonal pode ser o grande “detonador” da insônia na menopausa.

reposicao-hormonal

Sintomas físicos como diminuição da libido, secura vaginal, calores repentinos e suores noturnos, além de sintomas psicológicos como estresse, ansiedade e depressão também podem surgir nessa fase e, por isso, é muito importante um acompanhamento médico.

A Insônia na menopausa: Por que isso acontece?

Você sabe para que serve a melatonina? Esse hormônio é produzido naturalmente em nosso corpo, ou seja, todos possuímos melatonina, seja em menor ou maior escala durante toda nossa vida. A maioria dos nossos órgãos são receptores do hormônio e você sabia que a pele é aonde ele mais se concentra? Curioso não?!

A melatonina está ligada ao ciclo circadiano que designa o período de aproximadamente 24 horas sobre o qual se baseia a biologia de quase todos os seres vivos e quando a luz natural diminui, o organismo entende a noite está chegando e então é liberada pela glândula pineal nos dando vontade dormir.

Médicos de todo mundo indicam que a qualidade de vida é essencial para enfrentar os sintomas e ter enfim uma boa noite de sono. Mas a idade é um dos principais motivos para a produção de melatonina diminuir radicalmente em nosso corpo e com a idade feminina chega junto a menopausa e os distúrbios do sono e hormonais.

60% das mulheres entrevistadas informaram que a perda de sono na menopausa é uma das principais diferenças percebidas no corpo e em metade delas esse incomodo chegou antes do período, se caracterizando como insônia no climatério.

Deve-se entender que todas as mulheres passarão por insônia na menopausa em caso de não utilizarem intervenções externas. Uma solução bem mais segura é fazer uso de tratamentos naturais como o AW Plus. Já o uso de reposição hormonal aumentará a falta de sono, pois sua composição consiste em estimular hormônios a se manterem ativos.

Como combater a insônia na menopausa?

insonia-na-menopausa

Mas como combater a insônia na menopausa e passar por esse momento sem abalar sua saúde física e mental? Listamos a seguir algumas dicas para te ajudar! A maioria envolve mudanças simples de hábitos no dia a dia. Confira e veja como resgatar sua qualidade do sono!

  • Evite cochilar durante o dia. Isso vai te ajudar a dormir mais rápido à noite, evitando que vire de um lado para outro na cama esperando o sono chegar;
  • Evite cafeína em excesso. Cafezinho é bom, mas pode prejudicar muito o seu sono. Procure não consumir cafeína após as 18 horas;
  • Procure manter uma rotina de horário para levantar e se deitar. A insônia na menopausa afeta o humor e a ausência de hábitos regrados fará essa fase ser bem mais estressante tanto para você quanto para os que estiverem a sua volta;
  • Não vá para cama de estômago cheio. Faça a última refeição do dia 2 horas antes de ir para a cama;
  • Evite televisão, computador, tablet e celular na hora de dormir. A luz emitida por esses equipamentos envia sinais ao cérebro que ainda estamos em atividade e retém a melatonina essencial para um sono na menopausa relaxante;
  • Aproveite para ler um livro à meia luz. Isso induzirá o sono com mais facilidade já que seu corpo e mente estarão mais relaxados;
  • Faça de seu quarto um ambiente confortável e aconchegante;
  • Faça exercícios físicos principalmente pela manhã e evite-os após as 17 horas;
  • Tente relaxar. Opte por terapias ou atividades como ioga, por exemplo.

Alimentos para dormir bem na menopausa

  • Busque consumir alimentos de soja, como leite de soja, tofu, grãos de soja e feijão de soja. Eles contêm isoflavonas, que substituem o estrogênio, e colaboram para amenizar os sintomas da menopausa. Procure consumir duas porções desses alimentos por dia;
  • Os peixes, nozes e sementes são importantes para a saúde do coração e da  pele, pois são ricos em ácidos graxos essenciais;
  • Consuma alimentos ricos em fibras, como a linhaça, que ajudam o intestino a funcionar com melhor regularidade.

Levar uma vida regrada, longe do fumo e do álcool, também ajuda a combater a insônia. Mas, certamente, bons hábitos de saúde, como exercícios físicos regulares, alimentação balanceada, bem como acompanhamento médico, são fundamentais para evitar a insônia na menopausa. Siga nossas dicas e tenha uma vida mais saudável!

sintomas-do-climaterio

Quer mais dicas de como enfrentar essa fase com saúde? Siga nossa página no Facebook e encontre outras informações sobre o assunto!

Deixe um comentário
Print Friendly