Unhas quebradiças na menopausa? Saiba o que fazer!

Compartilhe
Unhas quebradiças prejudicam a aparência e a autoestima feminina. Descubra o por que isso acontece, como fortalecer as unhas e deixá-las lindas e saudáveis.
Unhas quebradiças prejudicam a aparência e a autoestima feminina. Descubra o por que isso acontece, como fortalecer as unhas e deixá-las lindas e saudáveis.

Período fisiológico que ocorre na vida de toda mulher, após a nossa última menstruação espontânea, a menopausa é definida como o tempo em que são encerrados os ciclos menstruais e de ovulação. Considera-se o início da menopausa a partir de um ano seguido desde o último fluxo menstrual. Durante esse tempo, ainda podemos menstruar.

O período que antecede a menopausa é conhecido como climatério. Ele representa a passagem da fase reprodutiva pra não reprodutiva, pois o nosso organismo deixa de produzir, de forma gradativa, os hormônios estrogênio e progesterona.

Esse é mais um estágio da nossa vida, e, durante esse período, ocorrem transformações no nosso organismo — algumas mais e outras menos visíveis.

Um dos inconvenientes é que as unhas ficam quebradiças na menopausa. Você sabe por que isso acontece? Aprenda como lidar com essa situação!

venda-online-uma-caixa

O efeito da menopausa no corpo da mulher

Você percebe que está entrando na menopausa por causa da menstruação, que passa a ser irregular. Isso ocorre por volta dos 48 anos — essa é a idade média em que nós entramos nessa nova fase da vida. Durante a noite, sentimos um calor excessivo, seguido de alguns sinais de alteração, como a vertigem e a insônia.

A menopausa também afeta o corpo, principalmente a nossa pele, que passa a ficar mais ressecada, assim como os fios de cabelo ficam mais quebradiços e as unhas, mais fracas.

O fato é que não estamos preparadas pra lidar com essas mudanças, pois elas afetam questões importantes na vida de uma mulher, como a vaidade, não é mesmo? Unhas quebradiças, pele ressecada e os fios quebradiços? Definitivamente, é uma situação que você precisa entender e com a qual tem de aprender a conviver.

A menopausa e as unhas quebradiças

Nossas unhas são formadas, principalmente, por uma proteína chamada queratina. Se elas estão mais fracas ou quebradiças, isso significa que existe um problema nas células responsáveis pelo transporte dessa proteína. Esse problema no transporte de queratina faz com que as unhas fiquem mais foscas, irregulares e descamadas e acabem quebrando com mais facilidade.

A menopausa pode, de fato, fazer com que as suas unhas fiquem mais fracas, mas ela não é a única razão pra que isso aconteça. Algumas doenças sistêmicas podem ser as verdadeiras responsáveis pela falta de firmeza em suas unhas, como: psoríase, micose, alergias e enfermidades cutâneas.

Além disso, o uso de determinados medicamentos, herança genética, problemas hormonais, deficiência nutricional e estresse podem ser fatores decisivos na qualidade de suas unhas.

Em relação especificamente à menopausa, ela acaba afetando a produção dos hormônios que fazem com que as nossas células transportem queratina tanto pras unhas quanto pros fios de cabelo.

Esses hormônios também são responsáveis por manter o corpo hidratado, regulando e retendo água. É muito importante que você busque um profissional, pra saber qual é o verdadeiro motivo pra que suas unhas estejam fracas e quebradiças. Se a razão for mesmo a menopausa, aprenda agora como evitar que isso continue!

Formas de evitar as unhas quebradiças

Pra que as suas unhas possam continuar fortes e saudáveis, você precisa manter uma alimentação balanceada, que contenha todos os nutrientes de que o seu corpo necessita. Os principais nutrientes que ajudam a fortalecer as unhas são: cálcio, ferro e vitaminas do complexo B. Além disso, é necessário que você mantenha o seu corpo hidratado, ou seja: beba bastante água!

Alimentação

Dê preferência a alimentos que possuam vitaminas do complexo B e aminoácidos, e também àqueles com bastante vitamina D — goiaba, morango, limão e laranja —, e vitamina E — vegetais cuja folha é verde-escura, grãos integrais e oleaginosas.

Alimentos que contêm ferro e que você pode consumir com mais frequência são os vegetais que de folhas escuras, como o espinafre, o almeirão e a rúcula. O ferro também pode ser encontrado na carne vermelha, fígado e ovos. É interessante que você faça uma análise da sua alimentação, verificando as possíveis fontes de deficiência dos nutrientes que deixam as suas unhas mais fortes.

unhas-quebradiças-na-menopausa

Produtos

O fortalecimento das suas unhas pode se dar por meio do uso contínuo de esmaltes, uma vez que eles criam uma camada protetora que mantém a estrutura unida. Use esmaltes de marcas confiáveis e que não contenham produtos químicos que afetem a sua saúde.

Ainda em relação ao esmalte, evite removê-lo com removedores que contenham acetona, pois essa substância pode contribuir pro enfraquecimento das suas unhas.

Cuidados

Estimule a circulação na região por meio de massagens nas mãos e nas pontas dos dedos. Dessa forma, o processo de recuperação da área passa a ser mais intenso.

Em casa, opte por usar luvas quando for mexer com químicos, como detergente, sabão e água sanitária. Esses produtos possuem compostos extremamente fortes, que, em contato com as suas unhas, podem prejudicar a saúde delas.

Também é importante que você não use suas unhas pra estímulos que possam deixá-las fracas — em substituição a uma ferramenta, por exemplo.

Por fim, se você possui algum tipo de alergia, busque um profissional da saúde pra saber quais são os medicamentos e produtos antialérgicos que você pode usar.

Uma solução completa em forma de composto

Como você pôde notar nos demais tópicos, a menopausa afeta os hormônios, que, por sua vez, acabam afetando o nosso organismo — mais precisamente o nosso prazer em ser mulher.

Pra evitar a reposição hormonal sintética, você pode buscar um composto que reúna em sua fórmula ingredientes naturais, como o óleo de prímula, o óleo de linhaça e o gérmen de soja. Esses produtos ajudam o nosso organismo a equilibrar os hormônios.

reposicao-hormonal

Com este artigo, foi possível notar como essa nova fase em nossas vidas afeta o nosso corpo como um todo. Pra que os impactos não sejam profundos e a nossa autoestima não diminua, é necessário buscar alternativas saudáveis pra mantermos nossos corpos com vitalidade e disposição sempre!

Você já sentiu suas unhas quebradiças desde que entrou na menopausa? Teve algum outro problema por causa dessa nova fase da vida? Como você lida com essa situação? Conte pra gente! É só deixar o seu comentário logo abaixo, detalhando a sua experiência.

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email