Falta de ferro e a queda dos cabelos: qual a relação entre elas?

Compartilhe
falta-de-ferro-e-a-queda-de-cabelo

Os nutrientes são essenciais para manter as madeixas fortes, saudáveis e brilhantes, sendo ferro um dos principais. Se a queda de cabelo é algo frequente na sua vida, você pode estar sentido a ausência desse importante sal mineral. Descubra mais sobre a relação da falta de ferro e a queda dos cabelos!

Como identificar a falta de ferro no corpo?

A falta de ferro deixa vários sinais no corpo, mas como são muito comuns, podem acabar sendo confundidos com outros problemas. É muito comum sentir:

  • muito cansaço;
  • sono frequente;
  • desânimo;
  • dificuldade de aprendizagem ou atenção;
  • inchaço nas articulações;
  • queda de cabelo ou fios quebradiços;
  • pele pálida;
  • falta de apetite
  • alterações no paladar;
  • infecções constantes devido à imunidade baixa.

A falta de ferro pode ser identificada através do exame de sangue, dosando uma substância chamada de ferritina, a qual é responsável pelo armazenamento celular do mesmo no organismo.

Relação entre a falta de ferro e a queda dos cabelos

falta-de-ferro-e-a-queda-de-cabelo

Quando o organismo fica com baixa concentração de ferro, e interfere nas funções naturais, como por exemplo a fabricação de glóbulos vermelhos, o corpo acaba suprindo esta necessidade tirando o ferro de parte menos importantes, sendo uma delas o folículo piloso. Deste modo, o cabelo fica enfraquecido, o que leva à queda.

Um fio de cabelo demora mais ou menos 5 anos para crescer antes de cair e ser trocado por um novo. No caso da baixa de ferro, o ciclo de vida deste cabelo fica menor, logo, a ferritina baixa influencia diretamente na capacidade de crescimento capilar, podendo até mesmo mudar a espessura do cabelo, deixando-o mais frágil.

Um estudo feito pelo tricologista Philip Kingsley mostrou que 59% das mulheres participantes, que tinham uma queda elevada de cabelo, estavam com baixos níveis de ferro, comparando ao restante delas.

É importante saber também que indivíduos que já têm predisposição genética para ter perda de cabelos, podem ter o processo acelerado devido à baixa de ferritina, de acordo com o dermatologista George Cotsarelis.

O que devo fazer ao descobrir a baixa de ferro?

A queda de cabelo decorrente do baixo nível de ferritina é algo facilmente reversível, e pode ser corrigida através de suplementação ou alimentação rica em ferro.

Alimentação

Para auxiliar na luta contra a queda de cabelo, exibimos uma tabela nutricional, onde pode-se observar alimentos ricos em ferro, de origem vegetal ou animal.

Falta de ferro e a queda dos cabelos
Falta de ferro e a queda dos cabelos – Imagem por: Nutrição Sadia

Além dos alimentos indicados acima, recomenda-se também o consumo de lentilhas, espinafre, ostras, ameixas e passas, que podem ser facilmente adicionados ao seu cardápio no dia a dia.

Além de evitar a queda dos cabelos, o ferro ainda previne a anemia, transporta o oxigênio e atua como fixador de oxigênio nas fibras musculares do coração e no músculo esquelético, para proteger de lesões.

Suplementos

A medida recomendada de suplementação de ferro e o período de tratamento varia de acordo com a idade e a gravidade do problema, mas o tempo médio costuma ser de 2 a 6 meses, sendo a dosagem recomendada:

  • bebês de 6 meses a 1 ano: 1 mg de ferro/kg por dia;
  • crianças: 3 a 5 mg de ferro/kg diários, não podendo ultrapassar 60 mg por dia;
  • adultos: 120 mg de ferro;
  • grávidas: 30 a 60 mg de ferro aliados a 400 mcg de ácido fólico;
  • lactantes: 40 mg de ferro.

tinos-hair

O melhor é que o suplemento seja tomado junto a uma fruta cítrica, como abacaxi, laranja ou tangerina, para potencializar a absorção do ferro.

Os suplementos orais de ferro são vendidos normalmente em forma líquida, para crianças, ou em comprimidos para os adultos. O mais conhecido é o sulfato ferroso, que deve ser ingerido em jejum. Este medicamente tende a provocar efeitos colaterais como náuseas e azia, mas já existem no mercado outros tipos que podem ser tomados junto com as refeições e que provocam menos efeitos desagradáveis.

Apesar da suplementação ferrífera ser bastante eficiente, em casos graves de anemia, pode ser necessária a internação, para que o paciente tome o ferro pela veia ou receba transfusão de sangue.

A falta de ferro e a queda dos cabelos pode também não ter uma conexão, ou seja, o caimento dos fios pode ser proveniente de outro problema, por isso lembre-se de nunca tomar uma suplementação de ferro sem orientação médica, para não ter o efeito reverso.

Você sofre com a queda de cabelo? Já teve problemas com a falta de ferro? Deixe seu comentário!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui