Amêndoas, nozes e castanhas

Compartilhe
Castanha
Se você acha que deve consumir amêndoas, nozes e castanhas apenas no final de ano, saiba que você está perdendo a chance de consumir alimentos ricos em nutrientes que podem ajudar o seu coração e o seu cérebro.

Você gosta de castanhas, nozes e amêndoas? Nós sempre consumimos essas sementes com mais frequência nas festas de final de ano, quem nunca se viu na ceia de natal comendo uma comida que vai alguma delas (com ou sem uvas passas?).

Todavia, elas não são especificamente alimentos natalinos, e se você soubesse o quão elas são benéficas para a saúde, você comeria, no ano novo, carnaval, páscoa, festa junina, folclore e etc.

Com seus sabores ímpares, elas são plurais, pois ficam ótimas nos pratos doces, salgados, como petiscos ou apenas consumidas in-natura. Para cada tipo de gosto há uma opção de consumo. Vale apena experimentar!

Sementes oleaginosas

As amêndoas, nozes e castanhas fazem parte de um grupo vegetal chamado de sementes oleaginosas, pertencem a esse conjunto também, o pistache, o amendoim, a avelã e a macadâmia.

As sementes oleaginosas são caracterizadas pelo altíssimo teor de nutrientes, bem como, de gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas. Elas também são fontes de proteínas vegetais.

Em uma visão geral, elas colaboram com:

Agora, que você já está por dentro do que as sementes podem fazer pela sua saúde em um contexto geral. Vamos descobrir o que cada semente tem de especial? Veja a seguir:

Amêndoas

As amêndoas ofertam em grande quantidade o selênio, um mineral de grande relevância para a saúde do nosso corpo. Ele ajuda no aumento da imunidade, assim como, age como antioxidante combatendo os radicais livres e possíveis inflamações.

As amêndoas são ricas nas vitaminas B1 e E. Se existe uma semente oleaginosa que é amiga do coração, essa é a amêndoa com certeza! Para quem está na dieta, e quer fazer os famigerados lanches ela é uma ótima opção.

castanhas

Avelã

Você pode até achar que ela só é boa com chocolate, todavia, a avelã pode proporcionar alguns benefícios para a sua saúde que são maiores do que um simples sabor adocicado.

Para quem está sofrendo com o colesterol alto essa semente é a escolha perfeita! Isso porque, além de diminuir os níveis do colesterol ruim (LDL), ela aumenta os níveis do colesterol do bem (HDL).

Castanhas de caju

A castanha de caju oferta o zinco, mineral fundamental para quem está sofrendo com anemia, a castanha de caju também é amiga do colesterol do bem (HDL). Você é da geração fitness? Então você precisa comer castanhas de caju, antes e depois de realizar suas atividades físicas. Sabe o por quê?

Ela oferta a arginina, um aminoácido que ajuda a dar aquele desempenho durante o seu treino, mas não é só isso! A castanha de caju também colabora na recuperação pós-treino. É o não é o alimento de quem é fitness?

Castanhas do Pará

Ela é a semente oleaginosa que mais oferta o selênio, conhecida também como a castanha do Brasil, as castanhas do Pará podem ajudar com os hormônios da tireoide, elas ajudam também com a desintoxicação do corpo, bem como, colaboram reforçando a imunidade.

Macadâmia

Você está com pressão alta ou diabetes? Você precisa experimentar a macadâmia! Graças aos seus nutrientes (sais minerais e vitaminas) é possível combater essas mazelas. A macadâmia é muito utilizada na indústria cosmética devido ao seu alto teor nutritivo. Ela é rica em ômega 7, que tem o poder de saciar a fome, assim como, ajuda a queimar as gorduras corporais. Está em dieta? Coma macadâmia!

estou-na-menopausa

Nozes

A semente mais requisitada para compor os cardápios de final de ano! Muitos pratos levam nozes, elas também ajudam a decorar e são servidas como petiscos. O que você não sabe é que ela é uma fonte de ômega 3. Sim, isso mesmo!

É um belo motivo para consumi-la durante o ano todo. Não?  Elas ajudam a impedir a ação dos radicais livres que são nocivos para com os nossos neurônios, e quando os neurônios estão em proteção contra esses malefícios quem ganha é a sua saúde.

Você estará prevenindo o envelhecimento cerebral, bem como, na redução da possibilidade do aparecimento de doenças relacionadas ao sistema cerebral. O Alzheimer e o Parkinson são algumas das doenças que a nozes ajuda a prevenir.

Pistache

O sabor queridinho entre os sorvetes é muito mais do que uma simples opção! Característico pela sua cor verde, o pistache oferta alguns minerais como o: magnésio, potássio, manganês, sódio, fósforo e o selênio. É um time de dar inveja. Portanto, da próxima vez que você for comer um sorvete desse sabor, pensará duas vezes em comê-lo in-natura. Você irá aproveitar de todos os nutrientes que ele pode ofertar.

Gostou de conhecer sobre as sementes oleaginosas? Qual é a sua preferida? Deixe o seu comentário, participe!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui