Menopausa e casamento: evite que essa fase atrapalhe a sua relação!

Compartilhe
Cerca de 60% dos divórcios acontecem durante a menopausa. Evite isso! Descubra como lidar com os desafios da relação menopausa e casamento.
Cerca de 60% dos divórcios acontecem durante a menopausa. Evite isso! Descubra como lidar com os desafios da relação menopausa e casamento.

A relação menopausa e casamento é bem delicada. Essa fase é um período de mudanças intensas no corpo e na mente das mulheres. Ela é um divisor de águas que encerra um ciclo de fertilidade e dá início a uma nova fase da vida. Nesse meio tempo, a mulher passa por montanhas-russas hormonais e sentimentais, e além dos sintomas físicos — como as ondas de calor intenso, distúrbios do sono, secura vaginal, perda de massa óssea, entre outros —, os sintomas psicológicos também são grandes e trazem mudanças bruscas de humor, irritabilidade, mais sensibilidade e baixa autoestima, levando algumas mulheres a desenvolverem depressão.

Com tantas mudanças, os relacionamentos podem ser abalados, em especial o casamento. A queda brusca do hormônio estrogênio, fato que marca esse momento, encerra a fase de estímulos maternos, reduzindo a propensão feminina ao instinto de cuidar e evitar conflitos a todo custo. Cerca de 60% dos divórcios acontecem no período da menopausa, e para evitar um desgaste que leve ao fim do casamento, é necessário compreender o que está acontecendo com seu corpo e sua mente e buscar apoio profissional para aliviar os sintomas. Além disso, é imprescindível encontrar apoio no nosso parceiro para que possamos superar essa fase juntos, com os menores danos possíveis à relação.

Veja algumas dicas que podem ajudar você e seu companheiro a evitarem que a relação menopausa e casamento seja prejudicial.

Mantenha a boa comunicação

mantendo-a-comunicacao-do-casal

Seu companheiro não poderá entender o que está acontecendo com seu corpo e sua mente se você não for sincera sobre o que está sentindo. Por mais que seja um período de muitos questionamentos e confusão sentimental, procure manter o canal de diálogo aberto. É imprescindível conversar sobre as dificuldades do relacionamento nesse momento e descubram juntos como amenizar o desgaste que as mudanças podem trazer. Mas para isso é preciso que se compreendam mutuamente.

É muito comum que o marido também esteja passando por alterações da chamada andropausa e, mesmo que nos homens a mudança seja menos brusca, eles também estão cheios de questionamentos. Nessa hora, o diálogo será muito importante para que vocês possam se ajudar mutuamente.

Conversem sobre a queda no desejo sexual

A queda da libido e do desejo sexual é uma das principais reclamações das mulheres envolvidas pela relação menopausa e casamento. Tanto a mulher quanto o seu companheiro aponta essa situação como estopim para um divórcio. Cerca de 47% de nós, mulheres, apresentamos ou vamos apresentar alguma dificuldade sexual relacionada à perda de interesse por sexo nessa fase da vida.

Mas é preciso que entender que outros fatores também podem estar influenciando o apetite sexual, como o uso de medicamentos antidepressivos, anticoncepcionais para reposição hormonal, remédios para controle da pressão, estresse causado por momentos difíceis no trabalho, síndrome do ninho vazio, entre outras razões.

Antes do impulso pelo divórcio é preciso que você e seu parceiro procurem ajuda profissional, tanto de um médico — que pode ajustar a dosagem de medicamentos que possam causar efeitos colaterais na sua libido — quanto de um terapeuta de casal que possa ajudá-los a redescobrir a sexualidade nessa nova fase da vida.

Ainda tem dúvidas? Clique na foto abaixo e baixe nosso material exclusivo sobre Sexualidade Na Menopausa. Aproveite!

Banner Ebook3 (Falta de Libido)

Descubra novas formas de prazer sexual

Mesmo antes da chegada da menopausa, muitas mulheres desenvolvem a secura vaginal, uma alteração na consistência do revestimento da genitália feminina que dificulta a lubrificação, prejudicando a elasticidade da região e alterando o PH da vagina, o que aumenta os riscos de infecções. Com menos lubrificação, as relações sexuais se tornam dolorosas e o atrito da penetração pode causar ferimentos e sangramentos — o que claramente interfere na qualidade da vida sexual.

Nesse momento, além dos cuidados médicos, é bom descobrir novas formas de estimular o prazer sexual. Além de ajudarem a resolver o problema e tornar o ato sexual mais agradável para a mulher, lubrificantes íntimos podem estimular a descoberta de novas formas de prazer. O mercado disponibiliza diferentes modelos, que podem ser usados de diversas formas. Alguns podem fazer as vezes de óleos de massagem, estimulando a troca de carícias e o estímulo do prazer pelo tato.

Se vocês ainda desconhecem, podem descobrir juntos que é possível ter uma forte afetividade sexual sem necessariamente ter uma penetração. Aproveitem esse momento e experimentem novas formas de sedução!

Casamento é união, façam mais atividades juntos

Vocês não chegaram juntos à meia idade apenas fazendo sexo, não é? Agora que os filhos já estão crescidos e vocês provavelmente alcançaram alguma estabilidade financeira, aproveitem o tempo juntos para curtir atividades culturais, como ir ao cinema, teatro ou assistir a um show. Pratiquem atividades físicas, desde uma caminhada ao ar livre até aulas de dança, saiam para jantar sozinhos e com os amigos, planejem viagens, mesmo que sejam curtinhas… Enfim, façam coisas que tragam alegria e satisfação para os dois!

Com ou sem menopausa, não permitam que a televisão ou a internet roube todo o tempo de lazer que vocês têm. O casamento é fortalecido dia a dia com pequenos contatos que permitem que vocês redescubram o prazer da companhia um do outro.

Tire um tempo para se mimar

tempo-do-casal

As instabilidades emocionais naturais dessa fase podem abalar um pouco a sua autoestima e, por consequência, prejudicar a relação com o seu parceiro. Afinal, quando não acreditamos em nossa própria beleza, fica difícil acreditar nos elogios dos outros, deixando seu companheiro receoso ao te abordar.

Se dê ao luxo de curtir alguns mimos que te façam sentir mais bonita e atraente, como um dia de beleza e relaxamento. Aceite as mudanças no seu corpo e redescubra a beleza da sua idade. Você se sentirá mais segura e isso vai se refletir diretamente na sua relação com seu parceiro.

A boa notícia é que essa fase passa e vai te permitir se conhecer muito melhor, te dando força e ânimo para esse novo momento da vida. Você vai se equilibrar novamente e provavelmente será uma mulher muito mais confiante consigo mesma. Sejam pacientes e tentem ao máximo trabalharem em conjunto. Certamente, vocês já passaram por muita coisa juntos, a relação menopausa e casamento pode ser intensa, mas é só uma fase de mudanças. Acredite: é possível sair dela com um relacionamento ainda mais maduro e fortalecido!

Esperamos que essas dicas sejam úteis e gostaríamos de ouvi-la sobre sua experiência! Já enfrentou ou está enfrentando os efeitos da menopausa no casamento? Conte para nós!

reposicao-hormonal

Deixe um comentário
Print Friendly