Saiba como se livrar da vontade de comer alimentos calóricos durante a TPM

Compartilhe
rosquinha

Quando a TPM chega, traz com ela todos os sintomas que fazem com que a cada mês as mulheres sofram um tanto mais, como principalmente o mau humor, a sensibilidade a flor da pele, as dores de cabeça, além das terríveis cólicas. Nesse período é normal que sinta uma vontade louca de comer alimentos calóricos, ou seja, ingerir qualquer besteirinha que ver pela frente, principalmente o tal do chocolate.

O que acontece é que durante esse período os níveis de progesterona e as taxas de estrogênio e serotonina no organismo caem bastante, fazendo com que a mulher busque no açúcar uma fonte de prazer. A serotonina é conhecida como o hormônio do humor. Quando ingerimos algum doce nessa fase, como por exemplo o chocolate, a taxa de serotonina no organismo aumenta, satisfazendo nossa vontade pelo doce.

Mas nessa fase, não podemos nos deixar cair nessa tentação dos doces hipercalóricos, e principalmente não deve ser usada como desculpa para isso. E se você sentir vontade de comer chocolate, um pote de sorvete, aquele doce caseiro muuuuuito calórico, cheio de açúcar, pare na hora! Ao invés de ingerir esses alimentos em grande quantidade que podem ser um veneno para a sua saúde, que tal substituí-lo por frutas e outros alimentos que podem causar a mesma sensação de satisfação, e não farão mal algum para o seu organismo? Então confira a lista abaixo de quais alimentos devem ser evitados, e quais pode abusar sem peso na consciência.

Alimentos calóricos para TPM

Como falamos acima, durante esse período que a maioria das mulheres passam todos os meses é normal buscar prazer em doces super calóricos. Porém, devemos tomar cuidado, principalmente com a quantidade. Quando são consumidos em excesso pode dar alguns quilinhos a mais, e não é isso que queremos, certo? Veja abaixo quais são esses alimentos:

Chocolate

Os nutricionistas recomendam que seja ingerido até 30 g/por dia, o que equivale a um bombom. A resolução da Anvisa diz que nos chocolates deve conter pelo menos 25% de cacau. Além disso, a mesma resolução aponta que deve se tomar cuidado, pois o excesso de chocolate pode causar problemas como aumento de peso e problemas de colesterol. Isso acontece por que o chocolate é rico em gordura trans, ou seja, gordura responsável pela elevação do colesterol no organismo.

Chocolate branco

Assim como o chocolate normal, o chocolate branco também pode ser um risco para o aumento o colesterol. Mas esse risco pode ser dobrado com o chocolate branco, pois ele não possui cacau. Por isso a taxa de gorduras trans e açúcares em sua composição são bem maiores que o chocolate normal. Então tome cuidado com o excesso desse doce.

Sorvete

Nesses dias muitas mulheres se rendem aos potes de sorvete, acompanhado de uma longa maratona de filmes românticos, não é mesmo? Mas, saiba que uma bola de sorvete de chocolate de 60 gramas pode possuir 112 calorias. Esse valor pode não ser tão alarmante, mas quando ingerido em grandes quantidades o número vai subindo cada vez mais. Além disso, o sorvete também é rico em gorduras trans o que ajuda no aumento do colesterol ruim, o LDL.

Leite condensado

O leite condensado pode ser o queridinho de muitas mulheres. Ainda mais nos doces como pudim, beijinho e o mais querido de todas o famoso brigadeiro. Em uma porção de 100 gramas, você pode encontrar 321 calorias. Além disso, o nível do colesterol e do sódio são altissimos. Então que tal maneirar um pouquinho?

Alimentos não-calóricos para a TPM

Ainda que pareça uma missão quase impossível é possível driblar a comilança durante a TPM com alguns alimentos que diminuem e saciam essa vontade de forma saudável, como por exemplo manter uma dieta rica em carboidratos complexos, frutas, legumes, massas integrais, alimentos que ajudam a manter os níveis de glicose no sangue controlados e também tem a digestão mais demorada, fazendo com que a pessoa tenha menos vontade de comer. Veja quais são esses alimentos abaixo:

Abacaxi e banana

O abacaxi é rico em magnésio, substância responsável por controlar a irritabilidade. E também o potássio presente no abacaxi e na banana, ajuda a controlar o inchaço e diminuir o desejo por doce, que pode ser uma tentação nesse período. E além disso, eles são bem mais saudáveis e nutritivos que uma barra de chocolate. Essas frutas são ricas em triptofano, responsável prela produção de serotonina, o hormônio da felicidade, ou hormônio do humor.

Doce de abacate

Um fator importante é que mulheres que sofrem com estresse em sua rotina tendem a ter o desejo de doces ainda maior, pois essa pressão do dia a dia faz aumentar o cortisol no sangue o que atrapalha a produção da serotonina. Mas, a gordura insaturada presente no abacate, ajuda a diminuir o cortisol no sangue, evitando o estresse.

Cereais integrais

Os cereais integrais são fontes ricas de vitamina B, responsável por diminuir as dores de cabeça. A vitamina B6 regula as variações hormonais que quando não estão regulados, podem reduzir a eliminação de sódio pelo organismo causando prisão de ventre e consequentemente o inchaço.

Vitamina B6

Alguns alimentos que possuem a vitamina B6, podem ajudar a reduzir a irritabilidade. Isso acontece pois eles são liberadores de serotonina, substância que melhora o humor e combate também as dores de cabeça. Essa vitamina é encontrada no salmão, fígado, aveia e nozes e além do preferido das mulheres nessa fase, o chocolate. Porém ele não deve ser consumido em grande quantidade e o ideal seria o meio amargo.

A dica mais importante: Sim, comer de três em três horas é muito importante para manter as taxas de açúcar no sangue controladas e para evitar as beliscadas fora de hora.

O que achou? Deixe seu comentário abaixo!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email