O que são gorduras saturadas? Vilãs, ou mocinhas?

Compartilhe
gorduras-saturadas
Você conhece a gordura saturada? Você sabe em quais alimentos é possível encontrá-la? E será que ela é maléfica para o nosso corpo? São muitas perguntas não é mesmo? Então leia a matéria e tire todas as suas dúvidas.

O que são gorduras saturadas? Volta e meia, os cientistas entram em debates em torno de nossos costumes alimentares, quem não se lembra quando o ovo ficou na berlinda? Ele foi considerado um alimento nocivo para a saúde corporal humana, todavia, após inúmeras pesquisas foi redimido, e hoje é considerado pela OMS como um dos alimentos mais saudáveis do planeta. Que coisa, não?!

Isso é a ciência minha gente, é assim mesmo, teorias são contestadas, e através de novos estudos mais tecnológicos chegamos à verdade (que não é absoluta). O avanço na saúde trilha esse caminho. Poderia ser um pouco mais rápido essas descobertas, entretanto, esbarramos em questões como investimentos, que podem deixar mais moroso o processo de descobertas.

Mas, porque trazemos essa reflexão no texto de gorduras saturadas? Apontamos os dilemas entorno da saúde, pois o mesmo está ocorrendo com a gordura saturada. Há pesquisas que a correlacionam com o aumento de casos de doenças cardiovasculares, todavia, há outras que descartam essa correlação negativa, e informam que muito pelo contrário, a gordura que está na berlinda, pode colaborar com a saúde cardiovascular. Nada está definido.

reposicao-hormonal

Estudos, e mais estudos estão sendo realizados a fim de se chegar em um norte. E enquanto não chegamos à um veredicto, teorias, e dietas mirabolantes surgem resultante das dúvidas. Não é de hoje, que a humidade apresenta esse tipo de comportamento. Vamos descobrir então o que é esse tipo de gordura. Veja a seguir.

O que são gorduras saturadas?

Saturada é uma classificação para um tipo de gordura, que é caracterizada por uma cadeia em que todos os átomos de carbono, são unidos por ligações simples. Até porque, os mesmos já são “saturados” por ligações com átomos de hidrogênio. Este é aquele momento que lembramos (ou não), de nossas aulas de química no ensino médio. Ela é o único tipo de gordura? Não! Existem outras classificações.

Muitos alimentos que consumimos no dia a dia ofertam essa gordurinha, é muito comum também eles serem ricos em mais de um tipo de gordura. Muito do que ingerimos de origem animal oferta a gordura saturada.

As carnes vermelhas, carnes brancas, leite e os seus derivados são só alguns dos alimentos, que comemos diariamente que trazem ela em suas estruturas. O fato é que a gordura saturada é fundamental para o nosso organismo, pois está envolvida em processos básicos, como a fabricação de hormônios.

Gorduras saturadas e o colesterol ruim

Há pesquisas que demonstraram que o consumo de gorduras saturadas eleva os índices do colesterol ruim, conhecido pela sigla (LDL), o que estaria intrínseco ao processo do aparecimento das doenças cardiovasculares. Isso porque, a gordura saturada funciona como o “taxi” de algumas lipoproteínas de baixa densidade (LDL), o transporte sai do fígado e caminha por todo o nosso organismo. Com o tempo o estoque de colesterol pode se tornar altíssimo, inclusive do colesterol ruim (LDL).

Vale ressaltar que esses estudos ainda sinalizam que essa qualidade de gordura não se dissolve no sangue, e acaba acumulando nas paredes das artérias, veias e capilares, podendo acarretar no entupimento dos vasos sanguíneos. O que poderá levar ao aparecimento de graves doenças.

Devemos parar agora de consumir os produtos ricos em gordura saturada?

Calma! Não seja tão radical ainda, pois em contrapartida existem estudos que descartam a correlação de gorduras saturadas com doenças cardiovasculares. Eles alertam ainda, que o consumo desse gênero de gordura colabora para o aumento dos níveis do colesterol bom conhecido como lipoproteínas de alta densidade (HDL). O HDL ao contrário do LDL, remove o colesterol do sangue. O que é fantástico para a saúde cardiovascular. Contraditório não é mesmo? E agora Maria, para onde Maria?

A justa medida é a melhor saída!

Está perdida? Não sabe se deve parar de consumir gorduras saturadas, ou se continua mantendo-a em sua dieta? Sim, compreendemos, não é uma decisão nada fácil. Principalmente quando aparecem teorias tão discrepantes assim. Entretanto, se o Saudável pode lhe conceder uma direção, diríamos que evitar o excesso é a melhor saída!

Tudo em demasia faz mal! Até mesmo o nutriente mais forte do planeta, quando ingerido em excesso traz complicações para a saúde. Portanto, consuma os alimentos ricos em gorduras saturadas com moderação. Manter uma dieta equilibrada com todos os elementos alimentícios irá te proporcionar inúmeros benefícios para o seu corpo. A justa medida é o melhor caminho.

Você já conhecia as gorduras saturadas? O que você acha dessa discussão entorno da gordura? Dê a sua opinião! Nós queremos saber. Deixe o seu comentário. Participe.

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui