Cardápio para reduzir os sintomas da menopausa: ele existe!

Compartilhe
cardapio-para-reduzir-sintomas-da-menopausa

Já começou a sentir os sintomas da menopausa? Alterações drásticas de humor, ondas de calor, falta de memória e insônia são alguns dos indícios que fazem com que muitas mulheres passem por um dos períodos mais temidos. Com isso, surge a pergunta: é possível reduzir sintomas da menopausa?

A boa notícia é que você pode amenizar tudo isso com uma alimentação equilibrada e com a adoção de alguns bons hábitos. Ficou interessada? Continue lendo!

reposicao-hormonal

Como isso acontece?

A alimentação correta pode sim minimizar os sintomas da menopausa. E o melhor: de uma maneira natural e sem trazer nenhum tipo de efeito colateral. Afinal, o cardápio e a escolha dos alimentos certos podem ajudar você a manter o equilíbrio dos hormônios. E isso é tudo que a maioria de nós queremos, não é

Além de amenizar todos os incômodos, ter os hormônios em equilíbrio é um benefício para todo o corpo — até mesmo para retardar os sintomas da menopausa!

Alimentos indicados para reduzir sintomas da menopausa

Os alimentos podem ser usados de forma específica para cada um dos sintomas que você deseja sanar. Faz sentido, já que as mulheres são muito diferentes e os sintomas que são muito nítidos em uma podem não influenciar a outra, concorda? A primeira dica é começar comendo muitas frutas em todo o período, já que elas oferecem a vitamina C necessária para a síntese dos hormônios ovarianos.

Para melhorar o humor

Para diminuir as oscilações de humor, você pode comer aveia, massa, cereais integrais, castanha-do-pará, chocolate amargo, erva-cidreira, inhame, manjericão, óleo de nozes e sementes, além de peixes com um perfil mais gordo, como sardinha e salmão. Com essa alimentação você evita a irritabilidade e ansiedade também!

Ondas de calor

fogacho-menopausa

Para amenizar as ondas de calor — que são um dos sintomas que mais irritam as mulheres —, inclua alimentos ricos em Ômega 3 na sua dieta. Eles são a gordura boa que seu corpo tanto precisa, sabe? Você também pode investir em alimentos ricos em fibras e lignana, já que eles podem proteger das doenças cardíacas e auxiliar no funcionamento do intestino. Bons exemplos desses alimentos são o arroz integral, brócolis, aveia, linhaça, molho de tomate, repolho e sementes de girassol.

Combate à osteoporose

O cálcio deve fazer parte da dieta de qualquer pessoa, mas ele ganha um destaque ainda maior entre os idosos e mulheres — entenda o que acontece com os ossos na menopausa. Além disso, não se esqueça de consumir alimentos ricos em vitamina D e magnésio, pois eles ajudam a manter o equilíbrio dos hormônios. Nesse caso, você pode consumir amêndoas, leite e derivados, soja, peixes, sorvete e sucos.

Manter a lubrificação

Para não comprometer a qualidade da sua vida sexual, você pode comer avelãs, gemas de ovo, nozes, óleo de linhaça e de girassol.

Destaque para soja

A soja pode ser uma grande aliada nesse período. Rica em isoflavona (que atua na produção, metabolismo e ação dos hormônios sexuais), ela pode ajudar a diminuir os sintomas marcados pelo fim da fertilidade. É isso mesmo! Esse hormônio pode substituir o estrógeno, que diminui nesse período, e trabalhar para a manutenção do equilíbrio hormonal.

Outra dica do que não comer é se esforçar para diminuir a ingestão de sódio, já que assim você consegue diminuir também o inchaço. Ou seja, tente comer menos sal, produtos enlatados e conservas.

Bem, agora você já sabe que uma alimentação saudável e equilibrada pode ajudar a reduzir sintomas da menopausa, então insira agora mesmo esses itens de forma equilibrada no seu cardápio. Que tal dar um pulo no supermercado? Aproveite para conhecer também 6 tipos de alimentos inteligentes e seus benefícios!

climaterio-sintomas

Deixe um comentário
Print Friendly