Por que é mais difícil emagrecer após os 40 anos?

Compartilhe
emagrecer-apos-os-40-anos
Por que é mais difícil emagrecer após os 40 anos?

Emagrecer após os 40 anos fica realmente mais difícil? Há pessoas que enfrentam essa situação como um mito ou uma desculpa para quem não se exercita e não se alimenta bem. Já algumas pessoas, especialmente as mulheres, realmente encontram dificuldades para controlar o peso após os 40 anos. Afinal, porque isso acontece? Essa situação é uma verdade ou um mito? 

Emagrecer após os 40 anos é realmente uma tarefa mais difícil

A dificuldade para emagrecer após alcançar os 40 anos de idade não é um mito ou desculpa de quem anda comendo calorias a mais. Realmente é mais difícil para as mulheres depois dos 40 anos perderem peso. Isso acontece pois o metabolismo feminino sofre mudanças ao longo dos anos, especialmente com a aproximação da menopausa.

Uma das alterações mais marcantes nessa fase da vida da mulher, e que reflete diretamente na sua capacidade de perder peso, é a redução da taxa metabólica basal. Esta taxa representa a quantidade de calorias que uma pessoa precisa ingerir para manter seu peso sem realizar nenhum tipo de atividade. Ao longo dos anos esta taxa cai, ou seja, seu corpo necessita cada vez menos de calorias para se manter ativo e com o peso atual. Essa queda da taxa também é conhecida como o famoso “metabolismo lento”. Portanto, se você continuar se alimentando aos 40 da mesma maneira que fazia aos 20 anos, com certeza vai aumentar o seu peso gradativamente.

Para manter o peso ideal é preciso que você aprenda a ingerir cada vez menos calorias, de acordo com o avanço da sua idade. Esta regra, inclusive, vale para qualquer pessoa, homens ou mulheres. No entanto, para as mulheres essa situação pode se complicar um pouquinho mais.

Além de terem que lidar com a taxa basal em queda, as mulheres também enfrentam outro agravante na hora de perder peso após os 40 anos: as mudanças hormonais. Com a menopausa a mulher perde massa magra mais rapidamente e sofre oscilações hormonais que realmente influenciam no ganho de peso.

perder-peso-apos-os-quarenta-anos

O que a menopausa tem a ver com a balança?

A resposta é: tudo! A mudança hormonal não somente influencia nos processos metabólicos do nosso organismo, como também criam causas indiretas para o ganho de peso, como por exemplo as mudanças de humor.

Muitas mulheres têm um relacionamento com a sua alimentação que está muito ligado ao seu estado psicológico. Por isso, durante a menopausa é muito comum observar que as crises de humor, depressão e outros problemas relacionados com seu estado psicológico também influenciem na ingestão de alimentos.

Outra característica da menopausa que dificulta o emagrecimento é a perda da massa muscular. A perda da massa magra influencia diretamente no metabolismo, que fica mais lento e tem mais dificuldade de queimar estoques de caloria no corpo.

reposicao-hormonal

Confira algumas dicas para emagrecer após os 40 anos

Agora que você já entendeu que realmente fica mais difícil emagrecer após os 40 anos, saiba que essa não é uma missão impossível. Para poder ter sucesso na manutenção do peso corporal ideal, você vai precisar de uma dose extra de determinação, acompanhamento médico para controlar as oscilações hormonais e se acostumar com um novo estilo de vida. Confira essas dicas que separamos para você conseguir perder peso com eficiência após os 40 anos:

Conte as calorias que você ingere diariamente

Você precisa ingerir uma quantidade cada vez menor de calorias. Se você não tem este controle, vai ficar muito difícil perder peso. Lembre-se de aprender a comer um volume menor de alimentos e, caso julgue necessário, nunca deixe de se consultar com um nutricionista.

Alimente sua massa muscular

Como é possível fazer isso? Fazendo exercícios regulares. É importante ter uma bom volume de massa magra no organismo porque a musculatura consome mais energia para se manter ativa – e isso acelera seu metabolismo!

Quanto mais cedo você começar, mais benefícios trará para o seu corpo e também para a sua mente. Dentre os exercícios mais recomendados estão as caminhadas, corridas, natação, aeróbica e a musculação. Porém, devido às especificidades da idade e do seu organismo, recorrer às orientações de um profissional para saber em quais atividades e séries investir é o mais indicado.

Escolha os alimentos certos

Na hora de ingerir alimentos, saiba escolher os que são mais benéficos para o seu corpo, principalmente durante a menopausa. Algumas substâncias vão lhe ajudar a amenizar os sintomas dessa fase hormonal atípica e vai ficar mais fácil manter seu peso! Com isso, evite em sua dieta alimentar componentes que retardam o metabolismo e que não fazem bem ao seu organismo. Não consuma os alimentos abaixo:

  • Refrigerantes – mesmo as versões light e diet;
  • Embutidos como salsichas e linguiças;
  • Alimentos industrializados com alto teor de conservantes e corantes;
  • Frituras;
  • Pães, bolos e outros alimentos que têm como base a farinha de trigo, etc.

Verifique também, se não há disfunção na tireoide, um problema que se torna bem frequente nessa faixa etária. O ideal nesse caso também é buscar por um profissional médico para que haja um acompanhamento correto e um planejamento alimentar adequado, pois, ele saberá exatamente o que fazer.

Sabemos que emagrecer após os 40 anos pode ser uma tarefa difícil, por isso, que tal compartilhar aqui nos comentários as suas dificuldades e atitudes de sucesso ao controlar seu peso nessa fase da vida!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui