Alimentos que roubam cálcio: saiba como degustá-los de forma equilibrada

Compartilhe
alimentos-que-roubam-calcio

O cuidado com os ossos não cessa nunca ao longo da vida: se na infância ingerimos mamadeira atrás de mamadeira para que 90% de nosso esqueleto seja formado com solidez, após os 40 é preciso redobrar a atenção. É nessa fase, sobretudo nas mulheres na menopausa, que há queda na produção dos hormônios, que fixam o cálcio nos ossos e, ao mesmo tempo, o organismo tende a retirar o mineral já presente nessas estruturas para colocá-lo no sangue, tornando-o disponível para outras funções bioquímicas. Além disso, existem alimentos que roubam cálcio, atrapalhando e até anulando sua absorção, contribuindo ainda mais para o aparecimento da osteoporose.

No texto de hoje, vamos descobrir quais são os alimentos que roubam cálcio e como devemos organizar a nossa alimentação para que nós possamos ingeri-los sem medo.

Cálcio para que te quero

Ele não é importante somente para a matriz óssea, mas é fundamental também para a contração muscular e para a transmissão dos impulsos nervosos, por exemplo. Mas se você é vegana ou intolerante à lactose, não se preocupe: embora o mineral contido no leite e seus derivados seja mais facilmente absorvido, ele também pode ser encontrado em fontes como a sardinha, a sementes de gergelim, a linhaça e em vegetais verde-escuros de maneira geral — salsa, rúcula, brócolis, manjericão e outros.

Ferro: o ladrão nº1

Quando o assunto é biodisponibilidade, a interação nutricional entre ferro e cálcio não é nada positiva. Isso porque os nutrientes competem entre si pela absorção e acabam sendo mal aproveitados. Mas nada de deixar um deles de lado! Para usufruir dos benefícios de ambos, basta não inseri-los em uma mesma refeição, mantendo um intervalo de três horas entre a ingestão de um e do outro.

Uma opção é comer beterraba, feijão e carnes, que são ricos em ferro, nas refeições maiores e deixar o leite e seus derivados para os lanches intermediários.

Sal: quanto menos, melhor

Que o sal deve ser evitado ao máximo não é novidade e agora você tem um motivo a mais para evitar excessos: inimigo da pressão arterial, o sódio encontrado no sal estimula também a perda de cálcio pela urina.

Como os produtos industrializados atuais já têm muito sódio, é preciso evitar ao máximo acrescentar ainda mais sal nas refeições e saladas. Use e abuse dos temperinhos naturais: limão e ervas são ótimos substitutos.

O cafezinho de cada dia nos dai hoje

Poder tomar, pode, mas a partir da terceira xícara do dia a absorção do cálcio começa a ficar prejudicada. O efeito diurético da cafeína contribui para que o mineral seja eliminado rapidamente pela urina, portanto, não conte com os benefícios do cálcio daquele café com leite da tarde. A regra também vale para os chás e outras bebidas que levam cafeína em sua composição.

Refrigerante, sai desse corpo que não te pertence!

Esse é pra eliminar para sempre da sua vida: além de cheio de açúcares e substâncias maléficas para a saúde, é rico em fósforo, substância que aumenta a produção de paratormônio, que retira cálcio das células e dos ossos, depositando-o na corrente sanguínea. Sendo assim, o fósforo intensifica a descalcificação dos ossos, processo que já tende a acontecer naturalmente com o avançar da idade. A situação é ainda pior nos refrigerantes que contém cola, já que eles são cheios de cafeína também.

alimentos-que-roubam-calcio

Saudáveis, mas nem tanto

Gérmen de trigo, nozes, feijão, espinafre e tomate são exemplos de alimentos que, apesar de apresentarem vantagens nutricionais, contém ácido oxálico, uma substância que aumenta o rejeito de cálcio pelas fezes. Não é preciso cortá-los da dieta, mas é importante ingerir frutas, vegetais e legumes que auxiliarão no aproveitamento do cálcio.

Chocolate e outras delícias são alguns dos alimentos que roubam cálcio

Chocólatras de plantão, fiquem de olho: o doce contém ácido oxálico, portanto, dê preferência àqueles que têm maior teor de cacau, que é antioxidante. Manteiga e carnes gordurosas também se ligam ao cálcio e formam um composto insolúvel no intestino, o que não permite a absorção do mineral.

Será que você anda desperdiçando seu cálcio? É importante ter cuidado com os alimentos que roubam cálcio e manter uma alimentação equilibrada. Além disso, existem alimentos ricos em ômega 3, um ácido graxo essencial que é um baita aliado na captação desse mineral e na conservação da estrutura óssea!

Já passou dos 40 e está preocupada com a falta de cálcio e outras mudanças físicas e psicológicas da menopausa? Saiba que existem tratamentos naturais que podem de ajudar nessa etapa. Clique no banner abaixo e saiba mais sobre isso!

reposicao-hormonal

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email