Descubra como aumentar a sua imunidade e a resistência corporal

Compartilhe
Chega de ficar doente! Não sofra com a baixa imunidade e a resistência baixa, veja 4 dicas para mudar isso e preservar melhor a sua saúde.
Chega de ficar doente! Não sofra com a baixa imunidade e a resistência baixa, veja 4 dicas para mudar isso e preservar melhor a sua saúde.

É muito comum nos lembrarmos de cuidar da nossa imunidade e resistência corporal em épocas mais frias, como o inverno. Afinal, é geralmente nesses momento que resfriados, gripes e as temidas “ites”, como sinusite, rinite, dentre outros, aparecem para nos fazer refletir sobre o porquê de não termos nos cuidado bem o suficiente para evitar o mal-estar.

Para mudar esse tipo de situação e mantermos a boa saúde é também necessário trocar alguns hábitos. Pensando nisso, selecionamos quatro dicas simples para que você passe a adotar agora mesmo alguns cuidados e aumentar a sua imunidade e resistência corporal. Confira logo abaixo!

Xô estresse!

xo-estresse

Pode acreditar: manter a calma evitando o estresse contribui para a melhora da sua saúde permitindo que o seu organismo se mantenha mais resistente e imune às doenças.

Isso porque a ansiedade e o nervosismo instiga a liberação de corticosteróides: hormônios corporais conhecidos por serem imunossupressores. Por isso procure sempre ter hábitos positivos e rotina mais leve para aumentar a imunidade e a resistência corporal!

O que você come faz a diferença na sua imunidade

A sua alimentação é um dos fatores mais relevantes para a sua saúde. O que você come não demonstra apenas o que você é fisicamente, mas também define como o seu organismo se comporta. Por isso, a ingestão de alguns produtos pode afetar ou colaborar com o aumento de sua imunidade e resistência corporal.

São diversos os alimentos que contribuem com a sua saúde nesse quesito. Dentre eles podemos citar:

  • Alho: repleto de selênio e de zinco, esse alimento possui função imunoprotetora contribuindo para que gripes sejam evitadas;
  • Cogumelo Shitake: esse alimento é excelente para estimular a produção de macrófagos e linfócitos, células de de defesa, aumentando a imunidade e a resistência corporal devido ao nutriente lentinana;
  • Gengibre: rico em vitaminas B6 e C, esse alimento possui importante ação bactericida auxiliando o organismo a se defender melhor contra doenças.
  • Cebola: contém quercitina, que fortalece o sistema imunológico e previne contra doenças desencadeadas por vírus, além de amenizar o impacto das alergias.
  • Peixe: auxilia no processo anti-inflamatório das artérias, devido ao ômega 3.
  • Limão: A vitamina C que esta fruta possui desencadeia um aumento na produção de glóbulos brancos, reforçando a imunidade.

A lista não para. São inúmeros alimentos e medidas a serem tomadas para aumentar a imunidade e a resistência corporal. Cabe a você avaliar quais delas são mais simples de adotar na sua rotina para iniciar o processo imediatamente e, aos poucos, ir modificando os seus hábitos para resultados mais efetivos. Inclusive, para mulheres que estão na menopausa, esse cuidados são ainda mais importantes, ainda mais se combinados com tratamentos naturais para a menopausa.

Hidrate-se bem

Esta pode parecer uma dica clichê e talvez seja, se você realmente levar em consideração o que todos os especialistas da área da saúde recomenda: beba, pelo menos, dois litros de água diariamente.

Essa bebida, além de contribuir para a renovação das células corporais, contribui para a lubrificação das vias aéreas evitando que as temidas inflamações (as “ites”), bem como alergias, tomem conta do seu corpo.

Uso de remédios para aumento da imunidade e resistência, só com recomendação médicas.

remedio

É bastante comum o hábito de nos automedicarmos sem a orientação médica para desconfortos mais simples, como um resfriado, dores de cabeça, de estômago, dentre outros. Ao agirmos dessa forma, porém, o nosso organismo acostuma com a medicação que, com o passar do tempo, passa a não mais fazer efeito na dosagem usual – o que nos leva a consumir doses cada vez maiores para combater um mesmo incômodo.

Isso, por outro lado, gera consequências maiores. Ou seja: o seu organismo passa não apenas a ficar dependente da dosagem, mas também passa a não aceitar outras soluções medicinais como medida resolutiva, induzindo que você consuma, mesmo em desconfortos considerados comuns, doses mais elevadas da medicação.

E vocês, o que faz para aumentar a imunidade e a resistência do seu organismo? Conte para a gente nos comentários abaixo!

Baixe o nosso material exclusivo sobre Alimentação Saudável: O guia de como comer e viver bem! Clique na imagem abaixo e saiba mais!

Deixe um comentário
Print Friendly