Conheça os principais benefícios da romã!

Compartilhe
fruta-roma
Os gregos consideravam a romã como um símbolo de amor e fecundidade!

A romã é uma fruta originária da região europeia e asiática, onde sua safra é caracterizada pelo período de setembro a fevereiro. Pesquisadores russos apontam que sua origem vem da Grécia, mais precisamente da Pérsia, e essa fruta aparece em textos bíblicos associada diretamente à paixão e fecundidade.

Além de ter sido usada no Templo de Salomão para decoração, antigamente os benefícios da romã eram usados para fins dietéticos e terapêuticos. Mas essas eram apenas crenças citadas nos textos do antigo Egito.

Já o Grego Hipócrates, o pai da medicina, usava essa fruta para fazer sucos e tratar problemas estomacais. Nada que tivesse sido comprovado na época. Mas ainda assim, essa fruta pode apresentar muitos benefícios, então descubra abaixo quais são eles:

Benefícios da romã

Por ser uma fruta pouco conhecida, muitas vezes os benefícios da romã não são reconhecidos, mas essa fruta é uma grande fonte de fibras variadas como:

A romã também contém antocianinas e ácido elágico, que são substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias, que quando consumidas juntas podem auxiliar na prevenção de infarto e derrame. Veja outros benefícios abaixo:

Baixas calorias

A romã é uma fruta com baixo teor calórico pois 80% de sua fruta é composto por água e 17% de açúcar. Além disso uma quantidade de 100 gramas da fruta, apresenta em torno de 60 calorias.

Testosterona

Um estudo realizado pela Universidade Queen Margaret na Escócia, aponta que um dos benefícios da romã, é que ela pode aumentar o nível de testosterona nos homens em até 30%.

Inflamação na garganta

A casca da romã possui propriedades antissépticas e anti-inflamatórias que combatem o causador da inflamação na garganta. O ideal é que seja consumido em forma de chá, pois assim suas propriedades são realçadas, e as inflamações são curadas com mais facilidade.

roma-casca
A casca da romã tem aparência coriácea, e avermelhada ou amarelada.

Pressão arterial

Estudos realizados comprovam que a romã consumida todo dia pode auxiliar na redução da pressão arterial. Além disso, ela diminui o colesterol ruim e auxilia na prevenção de problemas cardiovasculares, pois assim ela fortalece as paredes internas dos vasos sanguíneos e te previne assim de infartos e derrame.

Emagrecimento

Até hoje não foi comprovado a existência de alguma substância na romã que realize o processo de emagrecimento. Porém ela é considerada uma ótima aliada no processo de emagrecimento pois é uma fruta hipocalórica, além disso ela oferece sensação de saciedade. Os compostos antioxidantes e anti-inflamatórios dessa fruta podem auxiliar no processo de oxidação de gordura corporal e colesterol.

Por mais que seja um alimento que facilite o processo de emagrecimento, ingerir a fruta sem mudar hábitos ruins não garante o processo de emagrecimento. Por isso é ideal que o consumo da fruta seja acompanhado de bons hábitos alimentares e prática regular de atividades físicas.

Anticancerígena

Por ser rica nos ácidos gálico, elágico e protocatequínico, a romã pode ser uma forte aliada anticancerígena. Essas substâncias barram as moléculas que danificam a estrutura celular e provocam o câncer.

Combate a doenças intestinais

O chá de romã é popularmente conhecido por tratar doenças estomacais pois a substância tanino presente na casca da fruta é responsável por aumentar a absorção de água, reduzindo assim a secreção de cloreto de sódio, protegendo a mucosa gástrica e potencializando o funcionamento intestinal.

É recomendado que a fruta seja consumida acompanhada de outros alimentos ricos em vitaminas e minerais antioxidantes, pois isso também auxilia no funcionamento do intestino.

Como consumir a Romã?

Essa fruta exótica pode ser consumida de várias formas, em saladas, doces ou chás. Veja abaixo as melhores formas para consumir essa fruta:

Chá de romã

O chá de romã como foi falado acima é muito usado para curar inflamação na garganta, pois as substâncias presentes em sua casca têm potencial anti-inflamatório.

Ingredientes

  • 1 litro de água;
  • Mel para adoçar;
  • 4 romãs maduras.

Modo de Preparo

Misture a água com a casca das romãs e deixe ferver por cinco minutos. Depois que levantar fervura, deligue o fogo e deixe tampado por cinco minutos, dessa forma os nutrientes são incorporados no chá com mais facilidade. Separe as cascas do chá, espere esfriar, misture o mel para adoçar, e está pronto para consumir.

Vinagrete de Romã

Ingredientes

  • 4 colheres de semente de romã;
  • 2 colheres de vinagre balsâmico;
  • 2 colheres de água;
  • 2 colheres de mel;
  • 2 colheres de molho de romã;
  • 4 colheres de azeite;
  • Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto.

Modo de Preparo

Corte a romã ao meio e retire as sementes. Bata o restante dos ingredientes em um bowl com a ajuda de um garfo, e misture com as sementes. Sirva com saladas verdes de sua preferência.

O romã, produz as mesmas hormonas do estrogênio – estradiol, estrona e estriol – por esse motivo pode ajudar a aliviar sintomas depressivos e a baixar o risco de contrair osteoporose. Tudo isso, aliado a um suplemento natural deixará os sintomas da menopausa no passado. Clique no banner abaixo para saber mais dessa história.

reposicao-hormonal

Agora você já sabe a importância da romã, que tal adicioná-la ao seu cardápio? Deixe seu comentário abaixo!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui