Atividade física e cólica: como os exercícios podem ajudar nos sintomas?

Compartilhe
atividade-fisica-e-colica
atividade física e cólica

Sabe aquela dor insuportável do período menstrual? Sabia que há um segredinho para amenizá-la? Descubra a relação entre atividade física e cólica!

O período menstrual

As cólicas menstruais começam a surgir junto com a primeira menstruação, chamada de menarca, que começa em média aos 12 anos. Mesmo tendo essa estatística, a dor incômoda pode surgir ainda mais cedo, como no caso que podemos observar a seguir:

Kelly Cristina teve sua primeira menstruação na 3ª série, que já veio acompanhada da terrível cólica menstrual. “Eu estava fora da escola alguns dias quase todo mês, a dor era tão ruim” — disse a mulher de São José do Rio Preto, que hoje tem 46 anos, e alegava ter tomado codeína na escola para alívio dos incômodos, até ter um parecer médico para anticoncepcionais de alta dose.

Quando entrou no colegial, Kelly encontrou algo que funcionou ainda melhor: exercícios físicos. “Eu me juntei ao time de basquete e depois ao time de futebol e descobri que a dor estava se tornando cada vez menor”, ​​disse ela, que ao chegar no 8º ano já não precisava mais dos anticoncepcionais, pois começou a tomar suplementação natural e associou às atividades físicas.

Kelly disse que isso vai amenizando não só as cólicas decorrentes do ciclo menstrual ao longo da vida, mas também os sintomas do novo período em que ela se encontra: a pré-menopausa.

Atividade física e cólica: como ela melhora essa dor?

Muitos não compreendem a ligação da atividade física e da cólica, porque é mais complexo se movimentar quando está sentindo dor ou só de entrar no período menstrual mesmo, que deixa a mulher mais cansada, sonolenta, com vontade de ficar quietinha, até que passe.

De acordo com médicos especialistas, a atividade física faz com que o corpo libera um hormônio apelidado de “hormônio da felicidade”, responsável pela sensação de prazer: a endorfina, além da serotonina. Ao fazer exercícios com frequência, o bem-estar vai tomando conta do corpo, além de reduzir: inchaço, dores de cabeça e dores nas costas.

4 melhores exercícios para diminuir a cólica

“A dismenorreia (o que significa dor menstrual) afeta muitas mulheres. Alguns estudos estimam que 90% das mulheres mais jovens têm dor severa no período, e é a principal causa de ausências escolares e de trabalho para este grupo.”

— ACOG (Academia Americana de Obstetrícia e Ginecologia)

1. Elevação de quadril

atividade-fisica-e-colica
atividade física e cólica
  • nível de complexidade: iniciante;
  • foco: força;
  • musculatura envolvida: abdômen, glúteos e músculos posteriores da coxa;
  • equipamento: não é necessário.

Deite de costas no chão com os braços estendidos nas laterais do corpo, flexionando os joelhos e apoaindo os pés no chão de forma firme.

Levante os quadris do chão, fazendo com que o corpo forme uma linha reta desde os ombros até os joelhos. Faça uma pausa no topo por no mínimo 10 segundos e em seguida abaixe lentamente o corpo de volta à posição do começo.

2. Posição do arco

atividade-fisica-e-colica
atividade física e cólica
  • nível de complexidade: difícil;
  • foco: flexibilidade e equilíbrio;
  • musculatura envolvida: glúteos, músculos posteriores da coxa e das costas, músculos dos braços;
  • equipamento: não é necessário.
  1. Deite de frente no tapete de yoga, estique os braços ao lado do corpo e deite a testa suavemente sobre o tapete;
  2. Feche os olhos e respire fundo 2 vezes;
  3. Levante a cabeça novamente e deixe o queixo encostado no chão;
  4. Inspire e dobre os joelhos, trazendo os pés até os glúteos. Segure os tornozelos com as mãos;
  5. Alongue a coluna e em uma inspiração, levante os quadris. Continue respirando de forma frequente e leve os ombros em direção às costas. Levante ombros, pernas e torso do chão, olhando numa direção reta;
  6. Fique na posição e respire fundo 4 vezes, depois desdobre o joelho e deixe os pés voltarem ao chão, relaxando mais uma vez sobre o estômago.

3. Automassagem abdominal

atividade-fisica-e-colica
atividade física e cólica
  • nível de complexidade: fácil;
  • foco: relaxamento;
  • musculatura envolvida: abdômen, musculatura das mãos;
  • equipamento: não é necessário.
  1. Coloque um pouco de creme nas mãos e espalhe na região abdominal;
  2. Com a palma das mãos, faça movimentos circulares, no sentido horário, ao redor do umbigo, alternando e depois com as mãos sobrepostas;
  3. Repita os movimentos de 10 a 15 vezes;
  4. Faça massagem na área lateral do abdômen, usando as duas mãos, intercalando-as de cima para baixo, pressionando sempre até chegar ao quadril (tanto para o lado direito como para o esquerdo);
  5. Repita os movimentos entre 10 a 15 vezes;
  6. Com a palma das mãos, faça movimentos de fora para dentro e de cima para baixo em direção às virilhas, pressionando a barriga e friccionando os dedos;
  7. Repita a movimentação de 10 a 15 vezes.

4. Alongamento

atividade-fisica-e-colica
atividade física e cólica
  • nível de complexidade: médio;
  • foco: flexibilidade;
  • musculatura envolvida: abdômen, glúteos e músculos posteriores da coxa;
  • equipamento: não é necessário.

Para alcançar a ponta dos pés, alguns pré-exercícios são necessários, caso a pessoa não tenha o costume de fazer este alongamento.  Procure esticar bem braços e pernas, relaxando a musculatura.

Feito isso, incline suavemente os braços em direção aos pés, de modo que a coluna permaneça ereta, tentando tocar os pés com os dedos das mãos.

Sofre com as cólicas menstruais ou conhece alguém que passa por isso? Deixe seu comentário aqui no Saudável e Feliz!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui