Dores na lombar: o que podem ser estes incômodos?

Compartilhe
dores-na-lombar

De acordo com estudos da OMS, 80% da população mundial vai apresentar dores na lombar em alguma fase da vida, mas principalmente após os 60 anos.

Por que as dores na lombar acontecem?

Também chamada de Lumbago ou Lombalgia, a dor lombar pode ocorrer por muitos motivos, mas a maioria se baseia no desequilíbrio entre capacidade e demanda, ou seja, as pessoas estão carregando pesos maiores do que suportam. Veja abaixo os principais causadores de dores na lombar:

1. Postura Inadequada

dores na lombar
Cifose

A postura incorreta pode gerar a Cifose, que é o aumento do ângulo das curvaturas da coluna.

Todas as pessoas possuem um ângulo em sua coluna. Se a curvatura de suas vértebras posteriores estiver acima de 45º, já é considerada excessiva. Esta condição pode sobrecarregar a lombar, causando dores e incômodos.

A postura errônea não afeta a coluna somente ao sentar ou caminhar, mas também ao dormir, gerando dores nos músculos e articulações. Veja abaixo duas formas de dormir corretamente:

Dormir de lado

dores na lombar - dormir de lado

Dormir lateralmente com um travesseiro na altura do ombro e outro entre as pernas é a melhor forma, de acordo com o ortopedista Cássio Trevizani da FMUSP. Isso permite manter a coluna mais alinhada, além de fazer com que a cabeça e os pés fiquem da altura do coração, facilitando a circulação e fazendo com que o corpo funcione corretamente durante o sono.

Dormir de barriga para cima

dores na lombar

A melhor forma de dormir de barriga para cima é utilizando um travesseiro um pouco mais baixo que os ombros, para evitar a tensão da musculatura cervical. Além disso, é importante utilizar um travesseiro abaixo dos joelhos, deixando com que eles fiquem menos estendidos, fazendo o relaxamento de coxas e músculos da lombar.

2. Irritação no nervo ciático

O nervo ciático é o mais longo do corpo humano, ligando os dedões dos pés à lombar. Quando irritado, gera uma dor que começa na região lombar, passa pelo quadril, nádegas e vai até a parte mais baixa das pernas, trazendo sensações incômodas e persistentes.

3. Discopatia

dores-na-lombar

Também chamada de Doença Degenerativa de Disco ou DDD, esta patologia é considerada uma osteoartrite na coluna vertebral, ocorrendo na maior parte dos casos na lombar ou no pescoço.

“A discopatia é sinônimo de doença do disco intervertebral ou doença degenerativa do disco intervertebral. A discopatia é o fenômeno envolvido na causa da dor lombar.”

— Dr. Hong Jin Pai

4. Distensão Muscular

Espasmos e contrações musculares são a principal causa de dor nas coluna e geralmente são causadas por lesões desportivas, esforço excessivo ou acidentes de alto impacto.

O equilíbrio corporal feito pela coluna e músculos pode ser comprometido quando os mesmos estão espasmando, resultando em problemas nas articulações ou nos discos.

5. Hérnia de Disco

Também denominada deslocamento de disco ou ruptura do disco invertebral, a hérnia costuma aparecer com maior frequência na lombar ou parte baixa das costas, ou na região cervical (nuca).

Dos 80% de pessoas que irão ter um episódio de dor lombar em alguma fase da vida, citadas anteriormente, 10 a 30% podem ter esses incômodos causados por uma hérnia de disco.

Mesmo sendo recorrente, até 90% das crises de hérnia de disco se solucionam num período máximo de 6 semanas, sem ter necessidade de cirurgia.

6. Escorregamento de vértebra

dores-na-lombar

“A espondilolistese refere-se ao deslizamento de um corpo vertebral sobre o adjacente. É mais comum no idoso (10-15%, mesmo de pacientes assintomáticos, acima de 70 anos).”

— Dr. Hong Jin Pai

Esta doença é mais frequente em idosos pela degeneração de ossos e músculos.

Podem ainda contribuir para dor lombar, de acordo com estudos da Scielo:

reposicao-hormonal

 

Dores na coluna estão aparecendo cada vez mais cedo

Mesmo ocorrendo com maior frequência em idosos, devido à fragilidade dos músculos e ossos, o dr. Luis Antônio mostra que cada vez mais cedo a população está sofrendo com a dor nas costas, podendo atingir até mesmo crianças. Isso acontece pelo excesso de peso que as pessoas carregam nas mochilas ou fazendo musculação e pela Síndrome do Smartphone, que causa uma série de transtornos físicos devido à permanência por um longo tempo na mesma posição incorreta.

É sempre importante fazer atividade física, carregando peso no qual o corpo suporta e optar por uma alimentação balanceada, que tenha cálcio e vitaminas, fortalecendo ossos e músculos.

Você sofre com as dores na lombar? O que faz para que elas parem? Deixe sua história!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

2 COMENTÁRIOS

  1. E quando a coluna é pra dentro,tenho um buraco nas Costa bem embaixo mesma direção do umbigo, e a barriga vai pra frente,doi muito minhas costas,em rx antigos médicos diziam minha coluna ser como um C invertido.
    Mas hoje nos Rx que fiz médicos dizem não ter nada.
    E fico assim com dor.
    Gostei do link de vcs.

    • Olá Angelica! Normalmente casos de lordose ou hiperlordose apresentam a coluna em “C invertido” como você disse. É importante consultar um médico de sua confiança para analisar o caso especificamente. Os profissionais costumam indicar a RPG (Reeducação Postural Global) através da fisioterapia, para ajustar os desvios e diminuir as dores. Estamos à disposição!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui