Doença de chagas apresenta mais de 150.000 casos por ano no Brasil

Compartilhe
doenca-de-chagas
doença de chagas

De acordo com o Hospital Israelita Albert Einstein, a doença de Chagas é um problema comum, apresentando mais de 150.000 casos por ano.

O que é doença de Chagas?

Também chamada de Tripanossomíase Americana, a doença de Chagas é causada pelo parasita Trypanosoma cruzi, que é passado para animais ou pessoas através de insetos encontrados nas Américas (principalmente em áreas rurais da América Latina).

Estima-se que até 8 milhões de pessoas no México, na América Central e na América do Sul tenham a doença de Chagas, sendo que boa parte delas não sabem que contraíram a doença.

O impacto da doença de Chagas não se limita às áreas rurais. Movimentos populacionais em larga escala das áreas rurais para as áreas urbanas e para outras regiões do mundo aumentaram a distribuição geográfica da doença, e mudaram a epidemiologia.

Como as pessoas contraem a doença de Chagas?

As pessoas podem ser infectadas de várias maneiras. Nas áreas endêmicas da doença de Chagas, o principal meio é a transmissão por insetos vetores, que são denominados triatomíneos.

Esses sugadores de sangue são infectados por morder um animal ou pessoa infectada. Uma vez que isso acontece, os parasitas de Trypanossoma cruzi são passados para suas fezes. Normalmente, estes insetos são encontrados em casas feitas de materiais como: lama, adobe, palha e palmeira.

Durante o dia, os bichos se escondem nas fendas das paredes e telhados, já no período noturno, quando os moradores estão dormindo, os insetos saem. Como tendem a se alimentar dos rostos das pessoas, os triatomíneos também são conhecidos como “insetos beijadores”.

Depois que eles mordem e sugam o sangue, defecam na pessoa. A infecção e contração da doença pode acontecer se os parasitas entrarem no corpo, através de membranas mucosas ou se romperem na pele. Além disso, a pessoa que está dormindo pode acidentalmente arranhar ou esfregar as fezes na ferida da mordida, nos olhos ou na boca.

Também é possível ser infectado através de:

  • transmissão congênita (de uma mulher grávida para o bebê);
  • transfusão de sangue;
  • transplante de órgão;
  • consumo de alimentos crus (contaminados com fezes de insetos infectados);
  • exposição acidental a laboratórios.

Geralmente, considera-se seguro amamentar, mesmo que a mãe tenha a doença de Chagas. No entanto, se houver rachadura nos mamilos ou presença de sangue no leite materno, ela deve bombear e descartar o leite, até que as mamas se curem e o sangramento cesse.

A doença de Chagas não é transmitida de pessoa para pessoa, como resfriado ou gripe.

Se eu tiver a doença de Chagas, os membros da minha família podem estar infectados?

Possivelmente. Eles devem ser fazer exames se:

  • puderem ter contraído a doença da mesma forma que você;
  • receberam sangue ou órgãos que você doou, depois de já ter sido infectado;
  • são seus filhos e nasceram depois que você foi infectado;
  • apresentarem os sintomas da doença.

Quais são os sinais e sintomas da doença de Chagas?

Grande parte da informação clínica sobre a doença de Chagas vem da experiência com pessoas que se infectaram quando crianças, devido a transmissão pelos triatomíneos. A gravidade e o curso da infecção podem ser diferentes em pessoas infectadas em outros momentos da vida, de outras formas.

Existem duas fases da doença de Chagas: a fase aguda e a fase crônica. Ambas podem ser livres de sintomas ou com risco de vida. Quando apresenta sinais, costumam ser:

  • inchaço;
  • febre;
  • insuficiência cardíaca;
  • dor abdominal ou muscular;
  • febre;
  • palpitações;
  • ritmo cardíaco alterado;
  • dor de cabeça;
  • inchaço ao redor dos olhos;
  • irritação da pele.

E se eu tiver sido diagnosticado com doença de Chagas, mas tiver um eletrocardiograma normal?

doenca-de-chagas
doença de chagas

Se você foi diagnosticado com a doença de Chagas, seu médico pode realizar um eletrocardiograma (ECG) para verificar se há algum problema com a atividade elétrica do coração. Mesmo que este teste seja normal, você ainda pode precisar receber medicação antiparasitária, usada para tratar a doença de Chagas.

Como a doença de Chagas é tratada?

Se não tratada, a infecção é vitalícia e pode ser fatal. O tratamento é mais eficaz no início do curso da infecção, mas não se limita aos casos da fase aguda.

“O tratamento para a doença de Chagas se concentra no uso de medicamentos que matam o parasita e no controle dos sintomas.”

— Hospital Israelita Albert Einstein

As principais formas de tratamento são com:

  • antiparasitários (mata os parasitas);
  • repelente de insetos.

A maioria das pessoas não precisa ser hospitalizada durante o tratamento.

Prevenção

As estratégias de controle devem se concentrar na prevenção da transmissão de sangue, transplante de órgãos e transmissão materno-fetal (transmissão congênita).

Não há medicamentos ou vacinas para prevenir a infecção atualmente. Viajantes que dormem em ambientes fechados, em instalações bem construídas (por exemplo, quartos de hotel com ar condicionado ou telas), correm um baixo risco de exposição a triatomíneos infectados, que infestam habitações de estrutura prejudicadas e são mais ativos à noite.

Medidas preventivas incluem a pulverização de habitações infestadas com inseticidas de ação residual, usando mosquiteiros, tratados com inseticidas de longa duração, vestindo roupas de proteção e aplicando repelente de insetos à pele exposta. Além disso, os viajantes devem estar cientes de outras possíveis vias de transmissão, inclusive de origem sanguínea e de origem alimentar.

reposicao-hormonal

Em algumas regiões da América Latina, os programas de controle de vetores conseguiram impedir esse tipo de disseminação da doença. A transmissão por vetores não ocorre no Caribe (por exemplo, em Porto Rico ou Cuba). Casos raros transmitidos por vetores da doença de Chagas foram observados no sul dos Estados Unidos.

Agora você sabe mais sobre a doença de Chagas. Já sofreu com o problema ou conhece alguém que passou por esta situação? Conte-nos e ajude pessoas que podem estar passando pela mesma situação!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui