Arteterapia – Suas emoções em uma tela branca

Compartilhe
arteterapia

“Arte é a expressão mais pura que há para a demonstração do inconsciente de cada um. É a liberdade de expressão, é a sensibilidade, criatividade, é a vida.”

-Jung, 1920.

Você conhece a arteterapia? O que fazer quando não conseguimos expressar com palavras aquilo que estamos sentido? Usa a arte! A arte desde os primórdios da humanidade esteve presente como ferramenta de comunicação e manifestação das emoções. Ela é inerente ao humano, sendo o melhor método para dizer daquilo que a fala não é capaz de descrever.

Portanto, levá-la para os espaços de acolhimento, e usá-la como ferramenta provedora da comunicação do paciente, para com o terapeuta, bem como com o mundo foi uma maneira de propor novas diretrizes de diálogo. Com isso, passou-se a chamar de arteterapia a técnica que utiliza a arte em prol do aprendizado, do autoconhecimento e da despressurização do sofrimento.

reposicao-hormonal

O que é arteterapia?

A arteterapia é um método que utiliza as inúmeras expressões artísticas com o propósito terapêutico. É permitido através da pintura, da escultura, da teatralização, da dança ou por intermédio de qualquer outro tipo de arte expressar conteúdos que estejam em seu inconsciente, ou consciente.

“A Arteterapia baseia-se na crença de que o processo criativo envolvido na atividade artística é terapêutico e enriquecedor da qualidade de vida das pessoas. Por meio do criar em arte e do refletir sobre os processos e os trabalhos artísticos resultantes, pessoas podem ampliar o conhecimento de si e dos outros, aumentar a autoestima, lidar melhor com sintomas, stress e experiências traumáticas, desenvolver recursos físicos, cognitivos, emocionais e desfrutar do prazer vitalizador do fazer artístico.”

-Autor desconhencido.   

As fases da arteterapia

As quatro fases para se trabalhar as emoções na arteterapia são:

  • Nomear;
  • Explorar;
  • Experimentar;
  • Integrar.

Vale ressaltar que nesse método, o paciente é quem descreve e nomeia os seus conteúdos, ao contrário da terapêutica tradicional, na qual muitas vezes o terapeuta é quem através de suposições tenta compreender os dilemas inerentes à pessoa.

Diferentes maneiras de expressão artística.

Muito além de ser um continente para o conteúdo, o arteterapeuta é um estimulador para que as vivências pessoais e internas perpassem os limites da censura, e reverberem o papel, a argila ou o corpo em prol do bem-estar.

A arte em conexão com as disfunções psicológicas

Uns dos pacientes com maior complexidade para se compreender os conteúdos inconscientes são os psicóticos, e por intermédio da arte foi possível se conectar com essas pessoas que até então eram negligenciadas, isoladas e sem uma maior efetividade no acolhimento.

Arteterapia foi à porta necessária para se adentrar o inconsciente e permitir que pessoas até então taxadas e discriminadas fossem ouvidas por diferentes e distintas formas de comunicação. É o dizer sobre si, e sobre o mundo como bem entender.

Portanto, a arteterapia é o brado retumbante, que nos permite contar as nossas histórias através da criatividade, e da melhor maneira que nos convém. É a liberdade de se transmitir a mensagem como se quer e imagina, pois para uma folha em branco não há limites.

leia-relogio-biologico-qual-e-seu-tempo

Você já realizou uma sessão de arteterapia? O que achou? Deixe o seu comentário. Participe!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui