Mulheres na TPM podem cometer crimes e não serem presas? Entenda a legislação!

Compartilhe
crime-na-tpm
Freepik

Só nós mulheres sabemos o que é uma TPM daquelas… Ao pé da letra, a Tensão Pré-Menstrual é o conjunto de alterações físicas e psicológica que passamos antes de menstruar. Ela é o resultado de alteração hormonal feminina que acontece na menstruação, processo no qual o nosso corpo descarta periodicamente o excesso de óvulos no organismo. Geralmente, a TPM some após o primeiro dia do fluxo menstrual, em outros casos ela só é interrompida no fim do cliclo.

Alguns sintomas da TPM mexem com o psicológico, tais como: irritabilidade, ansiedade, insônia, vontade de chorar, fome em excesso (principalmente de doces) ou falta de apetite, tristeza etc. Já outros, mexem com a parte física: dores de cabeça, acne, aumento de peso, inchaço das mamas etc.

Como dissemos anteriormente, essa tsunami de sensações podem provocar uma série de danos para a mulher e para quem convive com ela. Falando em danos, o tema do nosso conteúdo esta justamente ligado a isso… Crime na TPM! Continue lendo.

A mulher na TPM pode matar?

Pesquisas comprovam que a TPM tem grande influência sobre as nossas emoções e atitudes. Dependendo do caso, podemos ficar extremamente estressadas a ponto de querer matar o primeiro que vê pela frente… Porém, é preciso entender que a TPM não é uma licença para matar ou cometer qualquer crime, independente do estado físico e psicológico no qual a mulher se encontra no ato do crime.

A medida tomada por alguns advogados é o argumento chamado ”Violenta Emoção”. Esse rompante emocional pode ser considerado um atenuante, uma circunstância que pode diminuir a pena aplicada a acusada. Todavia, para que essa diminuição da pena seja aprovada, é necessário a comprovação que o crime tenha sido provocado por um ato injusto da vítima.

Logo, a legislação brasileira entende que um ato injusto provocado pela vítima, se comprovado, pode justificar a reação criminosa da mulher na TPM, possibilitando assim, a diminuição da pena.

Com isso, cabe ao juiz dosar a provocação da vítima e o abalo emocional que isso desencadeou na acusada (mulher na TPM), incluindo perícia investigativa. Gerando assim, um veredito que reconheça legítima a ”Violenta Emoção” ou não.

Crime na TPM no Mundo

Vários países da Europa e dos EUA reduzem a pena de mulheres que causam batidas de carro, cometem crimes ou coisas do tipo quando provam estar menstruadas ou de TPM.

Existe até livro de autoajuda para a mulher que passa por isso como o “Seja feliz também naqueles dias (e não cometa nenhum crime)”, de Chantal Brissac, o livro de 120 página é uma campanha de conscientização para as mulheres que sofrem de TPM, mostrando-as que podem enfrentar esses dias de bom humor.

Tratamento natural para TPM

Como dissemos anteriormente, os reflexos da TPM podem prejudicar tanto a mulher em si quanto a sua relação com a família, amigos, no trabalho etc. Entretanto, o que poucas sabem, é que existem formas naturais de lidar com essa período! Alimentos ricos em linhaça e prímula ajudam no equilíbrio dos níveis hormonais, que ficam desregulados na TPM. Além disso, a prática de exercícios tem inúmeros benefícios na TPM e na saúde do corpo e da mente como um todo.

reposicao-hormonal

Em meio a uma rotina corrida, pode ser difícil encontrar certos alimentos funcionais que completam os níveis de vitaminas e ômega 3 necessários para o corpo e que aliviem os sintomas da TPM. Por isso, muitas mulheres tem aderido a suplementos alimentares naturais, como o Active Woman Plus.

Cuidar da saúde é cuida de você! Principalmente naqueles dias… Por isso, procurar formas de equilibrar o corpo e a mente são fundamentais. Afinal, ninguém merece correr o risco de ser presa por cometer um crime na TPM.

Deixe um comentário
Print Friendly