Protetor solar – Conheça 10 mitos e verdades

Compartilhe
protetor-solar
O protetor solar deve ser usado diariamente, para protege a pele dos raios solares.

Por diversas vezes ouvimos falar que o protetor solar deixa e pele mais jovem, que previne o envelhecimento ou que seu uso não é necessário em dias nublados. Muitas pessoas até acreditam que passar o protetor solar com a pele molhada é mais benéfico pois espalha o filtro mais facilmente. Será que tudo isso é verdade mesmo? Para descobrir tudo isso continue lendo e descubra os principais mitos e verdades sobre o protetor solar.

Aplicar óleos com fator de proteção tem a mesma eficácia que o protetor solar

MITO – Os óleos não aderem tão facilmente, e formam uma película muito fina sobre a pele. O que resulta em pouca eficácia, além disso você teria que reaplicar o produto muito mais vezes do que aplicaria um protetor solar comum.

É necessário reaplicar o protetor solar ao decorrer do dia

VERDADE – Sim, pois com o passar do dia o protetor vai saindo da nossa pele, principalmente por conta da transpiração que dilui o produto durante o dia. O indicado é que a reaplicação seja feita em média a cada 2 horas. Dessa forma sua pele sempre estará protegida dos raios solares.

“O produto deve ser aplicado ainda em casa, e reaplicado ao longo do dia a cada duas horas, se houver muita transpiração ou exposição solar prolongada. É necessário aplicar uma boa quantidade do produto, equivalente a uma colher de chá rasa para o rosto e três colheres de sopa para o corpo, uniformemente, de modo a não deixar nenhuma área desprotegida. O filtro solar deve ser usado todos os dias, mesmo quando o tempo estiver frio ou nublado, pois a radiação UV atravessa as nuvens.”

– Sociedade Brasileira de Dermatologia

Passar protetor solar com a pele molhada ajuda na proteção contra os raios solares

MITO – Na verdade quando o protetor é aplicado na pele molhada resulta apenas em menor proteção. Pois dessa forma o filtro se dilui na água e perde o fator de proteção. Assim você teria que realizar uma segunda aplicação logo após sua pele estar totalmente seca.

Clique para saber mais

Em dias nublados não precisamos aplicar o filtro solar

MITO – O protetor solar serve para proteger e inibir a pele dos raios solares que são agressivos. Mesmo em dias nublados o sol está presente e junto dele os raios ultravioletas. Então é importante lembrar de aplicar a proteção inclusive nesses dias, pois com o brilho do sol ou não, nós continuamos vulneráveis aos raios.

O protetor solar ajuda a prevenir o envelhecimento

VERDADE – Os raios solares são os principais responsáveis pelo fotoenvelhecimento pois a luz UV rompe as fibras de colágeno. Assim surgem as rugas e manchas e consequentemente o ressecamento da pele. Por isso o protetor solar é importante para evitar a exposição da pele aos raios solares. Evitando também o desgaste da mesma.

O uso de protetor solar torna a pele mais jovem

VERDADE – Com a chegada dos 30 anos os fibroblastos (célula responsável pela produção do colágeno) perdem a força de produção e geram menos colágeno do que antes. O colágeno é responsável por dar a consistência necessária para a pele, com a redução ou falta dele a flacidez pode surgir como uma consequência.

Uma das razões pela queda da produção de colágeno é por conta da perda de força dos fibroblastos que é causada pela falta de limpeza e hidratação da pele, mas principalmente a falta do uso de proteção solar.

Aplicar protetor solar facial pode causar acne

MITO – Nesses casos a única coisa que pode estimular o surgimento de acne são protetores a com base oleosa. Por isso conheça sua pele, e saiba exatamente qual filtro solar comprar para não afetar a sua pele. Atualmente já existem protetores específicos para cada tipo de pele, alguns deles inclusive são oil free, ou seja, zero óleo na sua composição.

Quanto maior o FPS maior a proteção

VERDADE – Quanto maior o FPS maior a eficácia de proteção. Por exemplo o protetor solar com FPS 15 significa que ele tem 15 vezes mais tempo de proteção. O FPS de 30 e 60 funcionam na mesma forma. Porém, o número do fator de proteção por mais alto que seja, não anula a necessidade de reaplicar o protetor a cada duas horas.

protetor-solar-2
Procure um dermatologista e descubra qual o o FPS mais indicado para o seu tipo de pele.

É possível ficar totalmente protegido dos raios solares

MITO – É impossível atingir o pico máximo de proteção, e muitos dermatologistas nem recomendam isso. Faz bem para pele tomar um pouco de sol. O que pode ser agressivo, é a exposição repentina a altos níveis de raios solares. Durante as férias, pegar uma praia não tem problema algum, desde que os cuidados com a pele necessários sejam tomados. Por exemplo pegar um bronzeado não tem problema. O fator de risco é a vermelhidão que pode ficar na pele durante a longa exposição ao sol. O único jeito de se proteger do sol de um jeito saudável para você é usando o protetor solar adequadamente.

A alimentação reflete na saúde da pele

VERDADE – A alimentação pode impactar de forma positiva ou negativa na saúde da pele, dependendo dos alimentos consumidos. O ideal é que você siga uma dieta rica em frutas, legumes, verduras e hortaliças, pois são alimentos fonte de vitaminas e minerais necessários para a saúde da pele.

Agora você já conhece mais sobre o protetor solar, que tal coloca-lo no seu dia-a-dia? Procure um dermatologista para que ele possa te orientar de qual FPS é o mais indicado para a sua pele. Conte-nos suas dicas de beleza, e o como você faz para cuidar da pele. Deixe seu comentário abaixo!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui