Descubra como combater a flacidez depois dos 40!

Compartilhe
flacidez-aos-40

A flacidez depois dos 40 é um dos maiores pesadelos da mulheres vem ganhando espaço nas clínicas de estética. Você se encaixa nesse grupo? Será que existe uma solução?

Ela pode aparecer na sua vida por diversos motivos: grande perda de peso em pouco tempo, falta de colágeno no organismo, falta de massa muscular, entre outros.

Evitá-la não é uma tarefa fácil, mas existem várias maneiras de combatê-la ou pelo menos fazer com que ela fique mais leve. Antes de tudo, você precisa saber que a partir de hoje o colágeno deverá ser seu melhor amigo!

Faça do colágeno seu maior companheiro

O colágeno é a proteína responsável pela elasticidade da pele, além de ser um rejuvenescedor natural, que retarda o envelhecimento das células. Com o passar dos anos, o corpo encontra certa dificuldade para produzi-lo, e por isso, aparecem as rugas, linhas de expressões e a temida flacidez.

Por isso, é muito importante ajudar seu organismo a produzir essa proteína importantíssima e você pode fazer isso por meio da alimentação, do uso de cosméticos e de tratamentos estéticos.

Cuide da alimentação

Não poderíamos começar com outro item, já que ter uma alimentação equilibrada faz toda a diferença para sua saúde e beleza. De nada adianta ter hábitos saudáveis e fazer diversos tratamentos se você não se alimentar bem.

Todos os nutrientes necessários para o organismo podem ser encontrados nos alimentos. Para ter uma pele mais bonita e evitar a flacidez, é importante incluir em seu cardápio alimentos ricos em colágeno. Ele é encontrado em proteínas de origem animal, como carnes, ovos, gelatina e salmão.

Também é importante comer uma quantidade suficiente de proteínas e fibras, além de evitar alimentos com muito açúcar ou gordura. Um nutricionista de confiança poderá criar um plano alimentar para você, com os melhores alimentos para combater a flacidez depois dos 40 e combinando as refeições com suas atividades físicas.

Reveja seus hábitos do dia a dia

Hábitos simples do dia a dia podem piorar a flacidez da pele e outros podem ajudar a combatê-la. Para evitar ou diminuir a flacidez, além da boa alimentação e da atividade física, é importante beber muita água, evitar se expor muito ao sol e usar sempre protetor solar.

Dormir mal, fumar e não hidratar a pele estão entre os hábitos que contribuem para a piora da flacidez. Então, deixe esses hábitos de lado e busque sempre cuidar da sua pele!

Pratique atividades físicas regularmente

É muito importante combinar uma boa alimentação com atividades físicas. Essa combinação ajuda a combater a flacidez e é benéfica para todo o seu corpo.

A melhor opção de exercício é a musculação, que é essencial para quem está na faixa de idade e quer combater a flacidez depois dos 40 anos. A musculação fará com que você perca menos massa muscular que o normal e essa é a melhor maneira de evitar a flacidez.

É preciso fazer exercícios localizados, focando principalmente nas áreas flácidas. Converse com um profissional de Educação Física, explique seus objetivos e ele poderá criar uma ficha de treino bem específica para te ajudar a alcançar seus resultados.

flacidez-depois-dos-40
Exercícios são indispensáveis para combater a flacidez depois dos 40

Invista em atividades aquáticas

A hidroginástica ou a natação também são ótimas opções, principalmente para quem não gosta de musculação. Esportes na água ajudam a fortalecer bastante os músculos, pois ela faz com que os movimentos fiquem mais pesados. Além disso, esses esportes oferecem menos riscos de lesões e são mais relaxantes.

Exercícios aeróbicos também são importantes. O ideal é conseguir fazê-los pelos menos três vezes por semana. O acompanhamento de um profissional é extremamente necessário: não queira se exercitar sozinha. Evite lesões e potencialize seus resultados.

Invista em tratamentos para combater a flacidez

Hoje em dia temos a grande vantagem de poder contar com diversos tipos de tratamentos estéticos e cosméticos. Eles colaboram muito para acelerar os resultados obtidos com alimentação e atividades físicas.

Cosméticos

Para casos de flacidez leve, depois dos 40 anos , os cosméticos podem ser de grande ajuda e até resolver grande parte do problema. Mesmo em casos mais graves, é importante utilizar os cosméticos pois eles ajudarão a manter outros tipos de tratamento, além de serem mais acessíveis.

É importante lembrar que os cosméticos sozinhos não resolvem nada e, principalmente, que eles não são mágicos. Eles podem demorar até três meses para fazer efeito se forem usados corretamente.

E, aqui também, a melhor opção é procurar um profissional que poderá te indicar os melhores produtos e acompanhar sua evolução. Os cosméticos mais utilizados no combate à flacidez são:

  • Ácido retinóico: esse é um ingrediente muito encontrado nos cremes indicados por dermatologistas. Seu sucesso se deve a sua capacidade de estimular a produção de colágeno, o responsável pela firmeza e elasticidade da pele. Por isso, o ácido retinóico ajuda muito a prevenir o envelhecimento da pele, inclusive a flacidez.
  • DMAE: esse é o nome popular do dimetilaminoetanol, substância com alto poder rejuvenescedor e uma das mais usadas para o combate da flacidez. Ele estimula a produção do colágeno e age na contração muscular, deixando a pele mais firme.
  • Creme de silício: ele também está ligado à produção de colágeno no organismo, além de possuir ação reestruturante e regeneradora na pele.

reposicao-hormonal

Tratamentos tecnológicos

Para os casos mais avançados, vale muito a pena investir em tratamentos tecnológicos. Pesquise bastante antes de escolher a clínica e o profissional que fará o procedimento em você. Lembre-se que essa escolha não deve ser feita pelo preço e sim pela qualidade e procedência do local.

Mas, dentre tantas opções de tratamentos, qual escolher?

  • Carboxiterapia: esse tratamento consiste na aplicação do ácido anidro-carbônico por meio de micropuntura. Esse procedimento melhora a circulação, a elasticidade da pele e diminui a gordura localizada.
  • Infravermelho: os raios fazem com que os músculos se retraiam e estimulam a produção do colágeno e da elastina.

Esses são dois dos principais e mais populares tratamentos para o combate à flacidez. Mas também existem diversos outros procedimentos que tem basicamente a mesma função: estimular a produção de colágeno e contrair a pele e os músculos.

Algumas opções são a radiofrequência, luz pulsada, CO2 fracionado, entre outros. Procurando um profissional, você poderá conhecer um pouco mais de cada tratamento e, em conjunto, poderão escolher o que trará mais resultados de acordo com o grau da sua flacidez e seus objetivos.

A flacidez não é um bicho de sete cabeças e, se tratada adequadamente, ela poderá sumir de vez da sua vida. O importante é manter hábitos saudáveis e cuidar muito bem do seu corpo!

Gostou das dicas? Então deixe um comentário dizendo qual foi sua preferida ou quais são os cuidados que você toma para combater a flacidez!

Deixe um comentário
Print Friendly

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui