Calvície aos 30 anos: o que fazer?

Compartilhe
CALVICIE-AOS-30-ANOS

Se você está na faixa dos 30 anos e já está sentindo os efeitos da calvície prejudicarem os seus queridos cabelos, fique tranquilo, isso é mais comum do que você imagina! No texto de hoje, vamos falar sobre a calvície aos 30 anos, envolvendo seus motivos, formas de contorna-la e até combater essa queda precoce de queda de cabelo. Vamos lá!

O que é a calvície?

A calvície é uma alopecia, ou seja, uma condição que provoca a queda de cabelo de uma determinada região do corpo. Na maioria dos casos, ela afeta primeiro as famosas ‘‘entradas’’ da testa ou a ‘‘coroa’’ da cabeça, sendo caracterizada por um afinamento gradual dos fios, graças ao enfraquecimento da raiz capilar.

Tal problema afeta homens e mulheres, porém é bem mais comum na realidade masculina, estima-se que 50% dos homens irão sofrer consequências da calvície ao longo da vida, muita gente né?

Quando falamos sobre calvície, é importante frisar a ação dos hormônios masculinos, principalmente da testosterona. Quando esses hormônios chegam na raiz capilar, eles reagem com uma enzima do organismo e diminuem a velocidade em que as células se multiplicam, podendo até causar a morte delas, diminuindo assim o volume e tamanho do cabelo e fazendo com que ele cresça mais devagar.

Qual a relação entre calvície e genética?

A calvície mais comum é a calvície androgenética, já falamos dela anteriormente. Essa herança genética pode se manifestar bem cedo, a partir dos 17 anos. A boa notícia é que existem formas de amenizar a aparência calva e até tratar calvície. Inclusive, se os efeitos da calvície se manifestarem em torno dos 25 anos, as chances tratar é maior ainda. Ou seja, a calvície aos 30 anos tem tratamento!

A seguir, conheça alguns cuidados que podem diminuir a queda, disfarçar a falta de cabelo e é claro, tratar o problema:

Cuidados com a saúde

Use Shampoos e Condicionadores adequados

Dê preferência a produtos específicos para o seu tipo de cabelo, seja ele oleoso, seco ou normal. Inclusive, os shampoos e condicionadores antiqueda podem ajudar, mas lembre-se, não substituem um tratamento.

Na hora do banho

Se você tem cabelo seco, lave o cabelo com água morna para fria, assim as gorduras naturais produzidas pelo couro cabeludo não vão sair totalmente, preservando assim a aparência sedosa do cabelo.

Se o seu cabelo for seco, lave o cabelo com água morna, assim o excesso da oleosidade irá sair. Lembre-se de esperar alguns minutos para o produto escolhido agir na cabeça, não tenha pressa de retirá-lo e certifique-se que o produto saiu por completo no enxague.

Além disso, se você costuma usar gel ou pomada no cabelo, é importante retirar esses produtos antes de dormir, já que eles podem acentuar a queda e até abrir a brecha para o aparecimento de caspa.

Alimentação

80% da estrutura capilar é composta por proteínas. Tais proteínas também tem relação com ácido fólico, por isso a importância de incluir alimentos como frango, peixes e seus derivados na alimentação, além das fontes vegetais contidas em grãos e leguminosas, como aveia, ervilha, soja, lentilha e feijão.

Outros nutrientes importantes são o ferro, responsável pelo transporte de oxigênio e vitaminas para os fios, encontrados nos vegetais verde escuros como agrião e espinafre. Além do ômega 3, que ajuda na circulação, combatendo inflamações e excesso de oleosidade no couro cabeludo, podendo ser encontrado em oleaginosas como castanhas, amêndoas e em peixes de água fria como salmão e sardinha.

salmão-atua-contra-calvicie-aos-30-anos-4

Controle os nervos e fuja do estresse

O estresse combinado com a ansiedade são fatores que intensificam ainda mais a calvície aos 30 anos ou em qualquer idade. O excesso de cansaço físico e mental faz o corpo produzir cortisol, o hormônio do estresse, além de adrenalina, ligada a ansiedade. Isso resulta na falta de irrigação sanguínea na cabeça e na respiração do couro cabeludo, prejudicando os fios e sua saúde no geral.

Aliás, o abuso do álcool e o hábito de fumar provocam consequências parecidas com o estresse e ansiedade e contribuem com a perda de vitaminas importantes citadas no item sobre alimentação, piorando ainda mais a situação.

Vale a pena recorrer a uma atividade física, já que a mesma ajuda a aliviar o estresse, ajudando o corpo a liberar endorfina e diminui as irritações.

Como disfarçar a calvície aos 30 anos?

Escolha um corte de cabelo adequado

Em outro momento, comentamos sobre os melhores cortes de cabelo para homens que tem pouco cabelo. A dica principal é deixar o comprimento do corte menor nas laterais e maior na parte de cima da cabeça, além de não deixar a franja penteada à risca, já que acaba deixando o seu cabelo marcado e isso pode evidenciar as falhas provocadas pela calvície.

Já pensou em deixar a barba crescer?

Já falamos disso por aqui também, aproveitar o fator barba e deixa-la crescer de acordo com o seu gosto ajuda a redistribuir a atenção das pessoas ao longo do seu rosto, não só no topo da cabeça.

Vale a pena usar chapéu?

Podem ser úteis e estilosos. Mas abusar deles pode abafar o couro cabeludo e favorecem suor e umidade, podendo agravar em casos de caspa.

Tratamento para calvície.

Nesse item, vamos falar sobre um tratamento específico que tem se demonstrado um dos métodos mais completos para a calvície aos 30 anos ou em outras idades, o Tino’s Hair!

Esse produto fortalece a estrutura capilar desde a raiz do fio no couro cabelo, nutrindo a mesma com os melhores componentes capilares, inclusive o BAICAPIL, composto vencedor do prêmio internacional de inovação e já devidamente testado pela ANVISA. Sua fórmula estimula o crescimento de novos fios, reduz a queda de cabelo e deixa os cabelos mais densos e resistentes.

A calvície é um problema sério e não interfere apenas na aparência, mas também na autoestima. Não abra mão do seu cabelo, siga as nossas dicas e reflita sobre a possibilidade de adotar um tratamento para calvície. Até a próxima!

Deixe um comentário
Print Friendly

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui