Como tratar a virose?

Compartilhe
como-tratar-a-virose
como tratar a virose

Muitos consideram como virose aquela reação viral que gera um problema gastrointestinal, causando alterações no sistema digestivo, que levam a diarreia e enjoo.

É importante ressaltar, em primeiro lugar, que toda doença causada por vírus pode ser denominada como virose. De acordo com o infectologista Orlando Gomes da Conceição, é um jeito genérico para chamar patologias que não se consegue identificar o elemento causador.

O vírus recebe um nome específico assim que é identificado, como: herpes, dengue, catapora, gripe, etc.

Viroses mais comuns

Hoje, vamos falar sobre as viroses gastrointestinais, que são as mais conhecidas pela população. Veja os principais vírus causadores:

Rotavírus

Do latim rota, que significa roda, devido ao seu formato, é um gênero de vírus de RNA (ácido ribonucleico) da família Reoviridae. É uma das principais causas de diarreia em gestantes, crianças e adolescentes e consequentemente, sendo um propiciador das gastroenterites.

Como se dissemina e se transmite facilmente, é muito difícil não entrar em contato com o vírus em alguma fase da vida. Acredita-se que, aos 5 anos, quase todas as crianças do mundo tenham sido infectadas pelo vírus, ao menos uma vez, entretanto, isso acaba desenvolvendo a imunidade, sendo raros os casos em que esta mesma pessoa apresente novamente a doença na fase adulta.

Existem 8 espécies deste tipo de vírus, sendo elas: A,B,C,D,E,F,G,H. O tipo mais comum é o A, sendo o causador em 90% dos episódios.

O rotavírus infecta e danifica as células que revestem o intestino delgado (enterócitos), gerando gastroenterites, que apresentam diarreia, vômito, dor na região do abdômen e náuseas, após uma transmissão via comida, objetos infectados ou fezes.

Além de afetar os humanos, o rotavírus é capaz de causar infecções em animais, inclusive no gado.

Norovírus

Este tipo é bem menos comum que o rotavírus, podendo ser contraído em todas as idades e gerando surtos de gastroenterite, como por exemplo, quando uma família toda viaja e todos voltam com o sintoma da diarreia).

Este tipo viral pode ser passado através do consumo de alimentos ou bebidas que estejam contaminados. O norovírus é a principal causa de gastroenterite em adultos na América do Norte, o qual causa 90% dos surtos nessa fase.

Epidemias normalmente se instalam em regiões onde grupos de pessoas passam um período considerável de tempo em proximidade física, como: hospitais, navios, restaurantes, escolas, espaços para shows, etc.

O vírus é capaz também de ser transmitido através do ar, pela tosse. É importante ressaltar que os indivíduos podem continuar infectados, mesmo depois da diarreia ter passado.

O norovírus é altamente infeccioso, possuindo uma resistência a qual permite o permanecimento em superfícies que receberam algum contato de pessoas infectadas, tornando o compartilhamento de objetos e espaços coletivos um agravante. Além disso, este vírus pode ser transmitido através da saliva ou pela água contaminada, também estando fortemente associado à falta de higiene (como não lavar as mãos por exemplo) ou maus hábitos.

Como tratar a virose?

como-tratar-a-virose
como tratar a virose

Alguns hábitos e atitudes simples podem ser cruciais para a recuperação ao ter uma virose, veja abaixo alguns tratamentos possíveis:

  • remédios para combater dores e febre: em caso de febre alta e dores muito incômodas, normalmente os médicos indicam um antitérmico ou analgésico, de 8 em 8 horas, para diminuir os efeitos dos sintomas;
  • remédios para combater os enjoo e vômito: para parar estes sintomas, normalmente os especialistas recomendam um antiemético (como Metoclopramida), 15 a 30 min. antes de se alimentar;
  • remédios para cessar a diarreia: é necessário ingerir um antidiarreico nestes casos, como a Loperamida por exemplo, após o desarranjo intestinal.
  • beber muito líquido: o consumo de líquido pode ser feito através de água, chá ou isotônicos, de 30 em 30 minutos. No caso dos bebês, é essencial dar de mamar de 2 em 2 horas;
  • consumir alimentos cozidos e leves, como canja e arroz com frango cozido, maçã ou banana;
  • lavar as mãos pelo menos 3 vezes ao dia.

Em casos de virose, não se recomenda o uso de antibióticos, já que eles não tratam doenças causadas por vírus, por isso, a indicação de um profissional é essencial para combater o problema.

Além dos medicamentos, o uso de suplementação rica em zinco e vitamina C auxilia no fortalecimento do sistema imunológico.

Estas medidas geralmente ajudam a melhorar rapidamente e a recuperar a saúde e o bem-estar.

Já teve virose? Quanto tempo durou? Como foi o tratamento? Conte-nos! Deixe sua mensagem aqui no Saudável e Feliz e ajude outras pessoas que podem estar passando pela mesma situação.

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui