Bebidas alcoólicas durante a menopausa: confira os prós e os contras

Compartilhe
mulher madura e bebidas alcoólicas na menopausa
Existem prós e os contras de consumir bebidas alcoólicas na menopausa. Confira nesse artigo.

A menopausa é um período da vida da mulher que é caracterizado pelo fim da menstruação e do ciclo reprodutivo, devido à queda na produção de estrogênio e progesterona. Ela acontece normalmente depois dos 40 anos e costuma vir acompanhada de sintomas como ondas de calor, alterações de humor, irritabilidade, perda de memória, dor de cabeça, ansiedade, pele seca, prisão de ventre, cansaço muscular, perda da densidade óssea, retenção de líquidos, dentre outros desdobramentos físicos e emocionais.

Essa fase requer cuidados e demanda a adoção de hábitos saudáveis, como por exemplo, a prática de exercícios, dieta balanceada, sono de qualidade, hidratação intensa e abstenção do tabagismo e consumo de álcool. Por falar em bebidas alcoólicas na menopausa, esse é um tema que divide opiniões. Há quem diga que o álcool não é prejudicial nesse período, mas a maioria dos especialistas recomenda que mulheres na menopausa não bebam álcool. Se você tem dúvidas sobre esse assunto, leia nosso artigo e tire suas próprias conclusões, conferindo os prós e os contras de manter esse hábito nessa fase de mudanças hormonais.

O consumo de álcool na menopausa aumenta os fogachos

Consumir bebidas alcoólicas na menopausa pode ser um gatilho para aumentar os fogachos, ou seja, eleva a produção de ondas de calor, gerando assim um enorme desconforto térmico. É fato que o calorão típicos do período são resultantes das alterações hormonais, do estresse, da ingestão de alimentos picantes e da exposição excessiva ao sol, mas o álcool também desencadeia os temidos fogachos.

bebidas-alcoolicas-na-menopausa

O  consumo moderado de álcool na menopausa faz bem para a saúde óssea e cardiovascular da mulher

Segundo estudos, o consumo de álcool não é tão vilão quanto algumas correntes científicas propagam. Numa publicação do periódico Menopause, conduzida pela Universidade de Oregon, nos Estados Unidos, foi divulgada a informação de que o consumo moderado de álcool ajuda efetivamente na saúde óssea da mulher, diminuindo o risco de osteoporose durante a menopausa. Foi veiculada também a informação de que beber vinho faz bem para o coração e diminui o risco de doenças cardiovasculares.

Bebidas alcoólicas na menopausa eleva o risco de câncer

De acordo com pesquisas recentes, a abstenção de álcool ajuda a diminuir não só os sintomas da menopausa, como também os riscos de câncer de mama. Mesmo as mulheres que consomem álcool moderadamente (1 drinque por dia) estão 22% mais expostas a esse tipo de câncer do que as mulheres que não bebem.

reposicao-hormonal

Para quem gosta, bebidas alcoólicas na menopausa pode ser um aliado das emoções na menopausa

A menopausa é um período delicado emocionalmente falando. A mulher fica mais sensível, ansiosa, tensa, estressada e até mais vulnerável a problemas como depressão e baixa autoestima. Nesses casos, beber com moderação pode funcionar como uma maneira de aliviar as tensões e se sentir melhor, especialmente, se o consumo de álcool acontecer em contextos sociais, como um happy hour com as amigas. Um copo de cerveja acaba levantando o astral e fazendo a mulher se sentir bem, apesar da menopausa.

E aí, você gostou do nosso artigo? Tem alguma dúvida sobre o tema? Sente os efeitos da menopausa ainda mais agravados quando consome alguma bebida alcoólica? Comente! Conte para a gente a sua experiência!

Deixe um comentário
Print Friendly