Zonas erógenas do corpo da mulher: conheça 10!

Compartilhe
zonas-erogenas-do-corpo-da-mulher
Veja quais são as partes mais erógenas do seu corpo, para aproveitar ainda mais a relação sexual.

Nós temos as nossas particularidades quando o assunto é zonas erógenas do corpo da mulher. Existem pontos que nos competem, que quando são tocados despertam os nossos desejos fazendo com que fiquemos a ponto de subir até as nuvens. É evidente que cada mulher possuí o seu próprio mapa de estímulos corporais, entretanto, nós temos algumas regiões que são unanimes na elação da libido.

Está curiosa? Então fique por dentro das zonas erógenas do corpo da mulher, aqui no blog do Saudável e Feliz. Vale ressaltar que, quando o assunto é a estimulação dessas regiões é permitido tudo (desde que o casal esteja em comum acordo é claro), caricias,  mordidas leves, lambidas e tudo aquilo que te faça bem. Sem mais delongas! Vamos conhecer as 10 zonas erógenos do corpo da mulher.

Seios

Depois da região que contempla a vagina, o seio da mulher é o local mais sensível ao estímulo. Pesquisas realizadas no ano de 2011 em uma universidade dos EUA, chamada Rutgers, constatou que os estímulos dos seios desperta na nossa mente, a mesma sensação de quando a região vaginal é tocada. Você já recebeu beijos em seus seios, não? Você não sabe o que você está perdendo, experimente!

teste-autoestima-cta

Mamilos

Sim, eles fazem parte dos seios, todavia, eles são tão sensíveis que merecem destaque na nossa lista de 10 zonas erógenas do corpo da mulher. O mamilo é o primeiro sinal que o nosso corpo dá, quando o desejo está batendo na porta.

Baixo ventre

A região entre o umbigo e o púbis é detentora de uma sensibilidade surreal, qual mulher não perdeu a compostura quando a mão da pessoa desejada tocou suavemente essa parte do corpo? Beijinhos e mordidas são sempre bem-vindos. Que tal pedir para que deslizem um cubo de gelo em você nesse local? E, para ficar ainda mais gostoso, solicite que seja feito com a boca, e, torça para que o gelo derreta o quanto antes.

Parte interna da coxa

Sabe aquela mão que tem passagem livre para explorar o seu corpo? Mas, todavia, ela inicia a expedição por suas curvas em momentos que você não esperava? Fale a verdade, como conseguir manter a compostura quando a “mão nada boba” do parceiro toca a parte interna da coxa? Não dá uma vontade de congelar o mundo e, apenas se entregar ao desejo? Por ser uma área bem próxima das nossas vaginas, ela é dotada de muita sensibilidade. Antes de receber sexo oral, ganhar algumas lambidas nessa região fará a temperatura subir 100° graus.

Orelha

Quem consegue se controlar com os beijos dados atrás das orelhas? E quando esses beijinhos são acompanhados por palavras que nos deixam em êxtase? É muito bom, não é?! Mordidinhas nos lóbulos e/ou lambidas ao redor das orelhas também são fantásticas. Às vezes até mesmo uma pequena aproximação de uma boca, já é o suficiente para gerar um arrepio de tirar o fôlego.

Nuca

A nuca é uma zona erógena muito famosa em nosso meio feminino, aqueles beijos que se iniciam na orelha e passam por ela (nuca) geram uma sensação tão boa, portanto, viaje! Peça para o seu parceiro continuar a desbravar o seu corpo através da boca.

Pés

Seja por intermédio das mãos ou da língua, nós mulheres adoramos quando os nossos pés são paparicados. Existe uma região na planta dos pés que quando é massageada pode ativar até mesmo o nosso órgão genital. É ou não é, uma região erógena que faz qualquer mulher perder a noção da realidade? Para quem gosta de sexo tântrico, o pé é uma parte do corpo que não pode ficar de fora da experiência. Tornamos-nos verdadeiras majestades quando nossos pés são beijados, aproveite o momento de submissão deles, e ordene que eles sejam os servos do prazer.

zonas-erogenas-do-corpo-da-mulher

Pescoço

Assim como a nunca, o pescoço é uma zona erógena do corpo da mulher que é muito visada. Você é adepta a aquelas marquinhas arroxeadas da paixão, que são feitas no momento da relação sexual, ou de um encontro mais quente? Há quem goste, não é mesmo?! Com ou sem marcas, nós mulheres adoramos os nossos doces vampiros.

Clitóris

O ponto de maior ápice erógeno do corpo da mulher, o clitóris por muito tempo foi deixado de canto. Todavia, não será mais excluído. Agora que você já sabe do poder dele para obter o seu prazer peça para o seu parceiro tocá-lo. Fica à seu critério, com qual parte do corpo, ele tocará essa parte do seu corpo.

Vulva

Durante muitas décadas nós mulheres fazíamos sexo oral neles, entretanto, não recebíamos deles a mesma gratificação. Isso ficou no passado! É claro, se você gosta. Se você não “curti”, é um direito seu também. Agora, se você aprecia a prática, não deixe de expor o que te dá prazer para o seu parceiro. O sexo precisa ser democrático, todos precisam sair satisfeitos!

Gostou de conhecer as 10 zonas erógenas do corpo da mulher? Então deixe o seu comentário, participe!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui