Sal do Himalaia – qual a diferença do sal comum?

Compartilhe
sal-do-himalaia
Sal rosa ou sal do Himalaia em cristais é mais saudável que o refinado.

O sal é um mineral usado a milhões de anos e está presenta na história da civilização humana. O sal comum que conhecemos e usamos diariamente em nossas receitas tem sido apontado como vilão nos últimos anos. Isso porque ele contém uma quantidade considerada de sódio, que é a substância responsável por reter mais líquido. Mas o sal de cozinha não é tão ruim quanto dizem. O sódio é importante para nosso corpo pois é uma substância extremamente necessária para nosso organismo. Principalmente para atletas.

Porém quando o sal comum passa pelo processo de refinamento ele é misturado com outras substâncias como ferrocianeto e silicato de alumínio, que são substâncias químicas perigosas para nosso organismo. Por isso os sais mais recomendados são os integrais, ou seja, aqueles que não passam pelo processo de refinamento. Como o sal do Himalaia ou sal rosa. É conhecido principalmente por conter menos sódio que o sal comum. Usado no preparo de saladas e comidas, o sal rosa está cada vez mais dentro das casas. Confira abaixo.

Principais diferenças entre o sal rosa e o sal comum

Sódio

A principal diferença entre esses dois tipos de sais é a quantidade de sódio que contém em sua composição. Enquanto 1 grama de sal comum refinado possui 400mg de sódio, o sal do Himalaia possui apenas 230mg. Todo organismo é necessitado dessa substância. Principalmente os atletas, pois por conta das atividades físicas, o sódio é expelido através do suor, e é uma substância que deve ser reposta. Porém sua reposição deve ser feita adequadamente. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) o consumo diário de sal deve ser de 5g, ou seja, 2g de sódio. Isso já levando em conta os alimentos industrializados.

Substâncias químicas

Os nutricionistas sempre recomendam que independente do sal que for usado, deve ser integral. Ou seja, não deve passar pelo processo de refinamento, o ideal é que seja moído em casa. Essa recomendação se da pois durante o processo de purificação do sal comum, muitas substâncias químicas são acrescentadas. Esse tipo de substância pode ser um fator de risco para sua saúde.

Iodo

Ao passar pelo processo de refinação sua estrutura química é alterada. O iodo que estava presente no sal é substituído pelo iodeto de potássio. Essa substância em grandes quantidades pode causar intoxicação. Além disso, segundo a OMS o iodo ajuda na redução do Bócio, que é o aumento da glândula tireoide. Sua causa é a deficiência de iodo no organismo.

Propriedades do sal rosa

Contendo 84 minerais presentes em sua composição, o sal do Himalaia foi encontrado nas montanhas do Paquistão, na mina Khewra. O sal é extraído em formato de pedras ou barras, e transformado em pequenos cristais, como o sal grosso que conhecemos hoje.

reposicao-hormonal

Os minerais presentes em sua composição aparecem em pequenas quantidades como o fósforo, bromo, boro e zinco. A quantidade é tão baixa que acaba não fazendo muita diferença em nosso organismo. Porém esses minerais podem ser obtidos facilmente através de outros alimentos.

Benefícios do sal do Himalaia

Como já mostramos acima, o sal rosa ou sal do Himalaia pode promover boa ação para o nosso organismo, mas além desses, o mesmo pode oferecer outros benefícios ao nosso organismo, como:

Regula o pH do sangue

Os minerais presentes no sal do Himalaia ajudam a reestabelecer o pH do organismo. Assim pode-se evitar doenças crônicas. Com uma pequena quantidade do sal misturado com água pode servir como remédio, diminuindo o excesso de acidez no sangue.

Aumenta o nível de energia

O teor de antioxidantes e eletrólitos presentes nesse ingrediente é um aliado para aumentar o nível de energia física. Pode ser adicionado na água ou em sucos, assim serve como otimizador da oxigenação das células, fortalece os músculos e ativa o cérebro.

Contribui na absorção de nutrientes

Quando neutraliza a ação negativa dos ácidos no sistema digestivo, o sal do Himalaia pode ajudar a melhorar o processo de absorção dos nutrientes dos alimentos. Além disso, seus nutrientes ajudam a fortalecer a flora bacteriana. E melhoram a capacidade de separar e descartar resíduos que o corpo não necessita.

Evite formação de varizes

Sua ação anti-inflamatória e relaxante combate o enfraquecimento das paredes e válvulas das veias superficiais. Os minerais que são extraídos e absorvidos pela pele, otimizam a passagem do sangue pelas veias e pelos capilares. Evitando assim sua irritação ou dilatação.

Outras formas de uso

No paquistão o sal rosa é muito conhecido e usado como escultura ou luminária. Sim, isso mesmo! A placa do sal é moldada e dentro uma lâmpada é encaixada, de forma que a luz e o calor aqueçam o sal. Dessa forma emitindo íons negativos que limpam os poluentes do ar, tornando assim o ar mais limpo para respirar.

sal-rosa-escultura
Esculturas e luminárias feita com pedras de sal do Himalaia!

Ainda pode ser usado como esfoliante em receitas caseiras para limpar a pele. Assim o sal rosa promove ação restauradora de células e redução dos sinais de envelhecimento.

Você já conhecia as propriedades do sal do Himalaia ou sal rosa? Que tal adiciona-lo ao cardápio? Conte-nos o que achou, deixe seu comentário abaixo!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui