Garrafas Pet – Perigo!

Compartilhe
reuso-das-garafas-pet

É muito recorrente em nossas casas o reuso das garrafas Pet, usamo-las para o armazenamento de água e outros produtos químicos líquidos, bem como, é muito comum usarmos elas como recipientes de armazenagem de água quando estamos na rua, academias, escola e no trabalho.

Todavia, negligenciamos o perigo para com a nossa saúde, ao realizar esse hábito de reuso das garrafas pet. A nossa intenção pode até ser em prol do meio ambiente, buscando iniciativas sustentáveis para o não descarte dessas embalagens, entretanto, o reuso delas para o abastecimento (armazenagem) de água é uma conduta que pode desencadear alguns riscos.

O reuso das garrafas pet

O reuso das garrafas pet pode propagar a proliferação de bactérias e de outros micro-organismos, essa contaminação se dá devido à falta de higiene.

tratamento-natural-para-menopausa

“Um estudo realizado a partir de 75 amostras de água das garrafas que alunos do ensino básico utilizaram durante meses, sem jamais as lavarem, descobriu que cerca de dois terços das amostras apresentavam níveis bacterianos acima dos padrões recomendados. A quantidade de coliformes fecais (bactérias provenientes das fezes dos mamíferos) foram identificadas acima do limite recomendado em dez amostras das 75 estudadas. As garrafas não lavadas funcionam como criadouro perfeito de bactérias.”

-(citar o autor).

Volta e meia a garrafa é manuseada por mãos que nem sempre estão higienizadas, bem como, por bocas que podem conter alguns micro-organismos. O fato é que o plástico, assim como, a água (umidade) dentre outros fatores resultam no espaço ideal para a propagação de bactérias, fungos e todo o azar de seres invisíveis que podem comprometer com a nossa saúde.

Reusamos o que não pode ser reutilizado

Os próprios fabricantes das garrafas pet sinalizam que elas não devem ser reusadas e, recomenda o descarte delas após o termino do conteúdo, que elas estão incumbidas de armazenar. O que é um grande dilema! Pois, se reusamos para evitar o descarte indevido no meio ambiente e, por outro lado, colocamos a saúde em risco quando armazenamos água nela, qual atitude devemos tomar?

Para refletir!

As garrafas pet se tornaram grandes aliadas nossas, e é quase impossível entrar em uma casa e não encontrar ao menos um exemplar delas pelos cantos, o fato é que, o Brasil está longe de ser um país engajado com a reciclagem desse material. Nós cidadãos também temos o péssimo comportamento de descartá-las com o lixo orgânico ou apenas jogá-las em córregos e rios, resultando em gigantescas ilhas artificiais de plástico e de muita sujeira.

reuso-das-garrafas-pet

O impacto para o planeta é desastroso e cruel! A fauna e a flora sofrem com a presença desse material em seu habitat. Uma garrafa pet leve em média 100 anos para se decompor, multiplique esse valor pela exorbitante avalanche delas que são deixadas em qualquer lugar. E você acha realmente que as enchentes não são punições pelos nossos próprios erros de comportamento?

Vale acrescentar também que somos negligentes para com a conscientização do processo de fabricação dessas garrafas que consomem inúmeros recursos naturais para serem fabricadas, que com certeza acarreta em perigo para o nosso planeta. Ou você acha que os recursos utilizados são repostos na natureza?

A reciclagem é a melhor saída?

Aproveitando o “chacoalhão”, a reciclagem não é a saída mais consciente, pois também utiliza muitos recursos para ser constituída. Se você está se questionando como iremos sobreviver sem elas, é só refletir um pouquinho que você verá o quão é possível. Não podemos deixar o comodismo ofertado no dia de hoje, colocar em ameaça a nossa vida amanhã. Não vale a pena!

Opções para quem não quer ficar sob a mira do perigo!

Após ficar cientes do quanto às garrafas pet podem colar a nossa saúde em risco, é dado o momento de explanarmos sobre algumas opções que podem minimizar ou até mesmo afastar o risco de uma contaminação por bactérias.

Garrafas de materiais mais adequados

A opção mais correta sem sombra de dúvidas é não reutilizar a garrafa de plástico, e optar por garrafas de vido e/ou de metal para o armazenamento de água e outros líquidos. Pois, esses materiais são mais resistentes à contaminação e podem ser reutilizáveis por maior tempo. Quando for trocar as garrafas não se esqueça de colocar a de plástico no lixo reciclável. Para quem gosta de andar com uma garrafinha na bolsa, existe no mercado opções feita de metal que podem ser carregadas para qualquer lugar.

Filtros

Quem nunca bebeu água de um filtro de barro? Esses aparelhos são ótimos para o armazenamento de água, bem como, ajudam a purificar a água.

Higienização contínua das garrafas pet

Permanecer com o costume de armazenar líquidos nesse tipo de garrafa (pet) não é recomendado, todavia, para quem não tem opção, é importante manter diariamente a lavagem e higienização das garrafas. Não se esqueça de utilizar detergente.

Enfim, a possibilidade de contaminação está intrínseca aos nossos hábitos higiênicos também, portanto, não se esqueça de lavar as mãos após frequentar espaços públicos e utilizar o banheiro.

As garrafas pet podem até colaborar com a nossa comodidade, proporcionando facilidade e agilidade para com o nosso consumismo, todavia, impacta drasticamente em nossas vidas! Será que é uma atitude coerente e inteligente ainda persistirmos no seu uso? Reflita!

Gostou? Então deixe o seu comentário. Participe!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui