Conheça 10 alimentos que ajudam a segurar o apetite entre as refeições

Compartilhe
apetite
Sente aquele apetite descontrolado entre as refeições? Saiba quais alimentos podem ser consumidos entre elas de forma saudável, trazendo saciedade.

As mulheres, principalmente, vivem numa constante briga com a balança e qualquer dieta que aparece, elas já querem investir para perder aqueles quilinhos indesejados, porém na maioria das vezes essas dietas malucas feitas sem acompanhamento médico ou juntamente com exercícios físicos não costumam funcionar ou proporcionam efeito sanfona, devido ao apetite insaciável.

Um dos principais inimigos contra essa luta é aquela fome fora de hora que costuma surgir. Mas é ai que mora o perigo, pois a tendência é aumentar gradativamente essa vontade de beliscar. O lanche entre as refeições deve ser feito, porém com alimentos saudáveis. Desta maneira, separamos 10 alimentos que ajudam a segurar o apetite:

1- Café: Se consumido moderadamente e sem adição de açúcar ajuda a segurar o apetite.

2- Gengibre: Estimula uma melhor digestão e minimiza a fome.

3- Abacate: Rico em gordura saudável, fibras e se consumido moderadamente garante a sensação de saciedade.

4- Maçã: Por ter que mastigar mais tempo este alimento, o cérebro entende que você já está satisfeito, evitando o exagero na hora dos lanchinhos.

5- Ovos: Comer um ou dois ovos no café da manhã faz com que durante o dia você sinta menos fome.

6- Beber água: Muitas vezes confundimos a fome com a desidratação, por isso beber água pode evitar que você se engane e consuma um alimento quando ainda está cheia.

7- Chá verde: Oferece diversos benefícios à saúde, além de inibir a fome por mais tempo.

8- Salmão: Rico em ômega 3, o salmão é um alimento que dá a sensação de saciedade quando ingerido.

9- Amêndoa: Rico em vitamina E, antioxidantes e magnésio, a amêndoa aumenta a sensação de saciedade.

10- Pimenta: É isso mesmo, quanto mais quente melhor! Temperos apimentados como molho, tabasco ou especiarias ardidas também dão a sensação de saciedade.

Deixe um comentário
Print Friendly