Vinhoterapia – Frescor e renovação da pele!

Compartilhe
vinhoterapia

A vinhoterapia é uma técnica terapêutica que visa propagar o combate ao antienvelhecimento, bem como proporcionar o bem-estar do corpo através dos benefícios dos polifenóis encontrados na uva.

O que foi? Você imagina o que? Que a vinhoterapia era embasada no consumo diário de vinhos? Sentimos muito, mas você se enganou! Pois, na verdade o que é feito, são cosméticos que são fabricados com as propriedades das uvas, veja quais são:

  • Mosto;
  • Casta;
  • Bagaço;
  • Sementes.

Esses cremes e emulsões são utilizados em prol da beleza e do rejuvenescimento, há pesquisas que comprovaram até mesmo o efeito redutor de medidas. Não é um máximo?! O fato é que a vinhoterapia vem ganhando cada vez mais força no ramo da estética, e provavelmente você verá produtos no mercado feitos a base de “vinho”.

“Na vinhoterapia, o segredo do sucesso tem nome: os polifenois, um componente da uva cujo poder antioxidante supera em cem vezes o da vitamina E, muita utilizada em cosméticos. Para os especialistas, essa qualidade do vinho faz com que os tratamentos baseados nessa bebida retardem o envelhecimento das células, hidratem a pele, tonifiquem os músculos e melhorem a aparência dos glúteos e do abdômen.” 

-Portal educação. 

O que é mosto?

O mosto é o sumo da fruta, antes de virar outros derivados, a polpa é amassada, e é essa fase do processamento que é chamada de mosto. Após obter o suco, as matérias restantes formam outros elementos que quase sempre eram descartados, todavia, foi constatado o alto poder nutritivo desses elementos.

O que é casta?

Basicamente é o perfil da uva que será usada, seja para a fabricação de bebidas, ou para o consumo da fruta em si, para cada preparo há os perfis mais adequados para o preparo. Se você ler o rótulo da garrafa de vinho, notará o tipo de casta que foi usada na fabricação da bebida que irá provar, podendo ser:

  • Cabernet Franc;
  • Cabernet Sauvignon;
  • Chardonnay;
  • Malbec;
  • Merlot;
  • Pinot Noir;
  • Sauvignon Blanc.

Mas, não pense você que essas são as únicas castas disponíveis, existe mais de 10 mil variações, dentro da mesma espécie. Ou seja, são muitas castas.

Os benefícios para a pele

Conforme foi abordado na citação do portal educação, o polifenol é mais potente que a vitamina E quando o assunto é hidratação da cútis e no retardamento do envelhecimento celular. Com uma extrema ação antioxidante, os polifenóis impedem que os fatores externos impactem e agravem a maturação das células.

As uvas ainda possuem inúmeros outros benefícios, que podem colaborar com o bom funcionamento interno e externo. Entretanto, destacamos o poder do resveratrol que ajuda para que o tecido cutâneo tenha mais elasticidade, firmeza e seja mais jovial.

Agora que você já tem o conhecimento do que é a vinhoterapia, que tal marcar um dia de beleza apenas voltado com produtos provindos de vinícolas? Está liberada também uma taça de vinho, primeiro porque ninguém é de ferro, segundo porque merecemos, e terceiro porque já foi comprovado também que o vinho pode ser muito benéfico para a saúde feminina.

como-deixar-a-pele-mais-jovem

Gostou da matéria? Você já conhecia a vinhoterapia? Deixe o seu comentário. Participe!

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui