Baicapil: o novo vício dos blogueiros

Compartilhe
Graciele Lacerda
Graciele Lacerda utiliza Tino’s Hair

Os cabelos são uma parte importante da nossa vaidade e também do nosso estilo. Hoje, as pessoas o utilizam como o diferencial no visual. Assim, quando não estamos satisfeitos com ele, procuramos alternativas para melhorar a sua saúde e deixá-lo mais bonito. Felizmente, foi desenvolvido o Tino’s Hair, um tônico que combate a queda de cabelo em homens e mulheres, o enfraquecimento da raiz e outros problemas que podem torná-los quebradiços, opacos e sem brilho, por exemplo.

Tino’s Hair conta com compostos que fortalecem a estrutura capilar desde a raiz do fio. Sua fórmula reduz a queda de cabelo, o deixando mais resistente e mais denso.  Ela também leva o BAICAPIL, vencedor do prêmio internacional de inovação e que já foi testado pela Anvisa.

Quem está usando o Tino’s Hair com Baicapil?

O primeiro nome da lista é Alex Cursino. Ele é blogueiro de moda, fundador e editor do Moda Sem Censura, o blog brasileiro mais completo sobre estilo e cuidado masculino. Todo o conteúdo do site é focado em mostrar tendências e dicas diárias aos homens a respeito de diversos temas.

Ou seja, ele conhece muito bem desse tipo de assunto. E um dos produtos que ele recomenda para dar um fim à queda de cabelo é o próprio Tino’s Hair, o qual ele mesmo cita em seu canal no YouTube.

A modelo e jornalista Graciele Lacerda é esposa do sertanejo Zezé di Camargo. Ela também é fã do Tino’s Hair para manter a sua cabeleira bela. Em seu Instagram, ela nos conta que no ano passado sofreu com a queda de Cabelo, e desde então vinha testando produtos para recuperar o volume. Agora ela usa o Tino’s Hair duas vezes ao dia com a liberdade de poder secar o cabelo após a aplicação e não se preocupar com a oleosidade.

Tino’s Hair Digital Influencer divulgam Tino’s Hair em suas redes sociais 

Devemos lembrar também que a eficácia do Tino’s Hair é comprovada. Em testes realizados, foi mostrado que ele pode aumentar a densidade dos fios em até 675%.  E para 87,7%, das pessoas presentes nos testes, a queda cessou em 21 dias.

 

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui