Como tratar a menopausa?

Compartilhe
como-tratar-a-menopausa

Para aquelas mulheres que passam pela maturidade sem sentir nenhum fogacho, insônia ou falta de libido, acreditem, vocês são privilegiadas! Sabe o porquê? Porque esses incômodos costumam aparecer para a maioria das mulheres nessa etapa da vida, por causa da menopausa… No texto de hoje, vamos apresentar formas de como tratar a menopausa e dicas de como levar essa fase de forma mais tranquila e natural.

Entenda a menopausa

A menopausa é marcada pela queda nos níveis hormonais femininos, um aviso natural do corpo dizendo que não é mais necessária a alta produção de hormônios como o estrogênio.

Cada organismo reage de uma forma com a falta de estrogênio, o problema são os efeitos colaterais dessa queda, que acabam afetando uma série de processos no organismo, resultando nos incômodos e famosos sintomas da menopausa.

sintomas-da-menopausa

Sintomas da menopausa e seus efeitos na rotina

Ondas de calor

Os calorões da menopausa, conhecidos também como fogachos, são os efeitos mais comuns dessa etapa. Geralmente são derivadas do tórax e do rosto, se espalhando pelo corpo, que podem surgir e sumir sem aviso.

Uma das principais queixas desse incômodo é a sudorese, afinal ninguém gosta de ficar com o corpo todo suado e grudento, com aquela roupa marcada e úmida.

Basta alguns minutos de baixo do sol ou até mesmo longe do ar condicionado, que o calor pode ir se espalhando, deixando a boca seca e até provocando tonturas em alguns casos.

Insônia

Problemas para dormir podem surgir também e a principal causa deles são os suores noturnos. Essa sensação pode aparecer antes de dormir ou até mesmo no próprio sono, por isso é interessante dormir com roupas frescas e ter uma toalha molhada próxima da cama. Ventiladores e ar condicionado podem ajudar também, além de beber bastante água.

como-tratar-a-menopausa

Falta de Libido

A perda de desejo sexual é um dos piores problemas dessa etapa. Além da falta de apetite sexual, a lubrificação fica alterada também, deixando a vagina ressecada e sensível, possibilitando dores durante a relação.

Além disso, o desafio de explicar isso ao companheiro é grande. Muitas vezes o parceiro não entende essa situação, fica irritado, afirma que é uma ”frescura ou desculpazinha’’ por parte da mulher… essa falta de consideração e empatia acaba prejudicando ainda mais a libido da mulher, além de sua autoestima.

Estima-se que 60% dos divórcios acontecem durante as fases atreladas a menopausa, por isso é importante evitar que esse sintoma ou qualquer outro leve ao fim do casamento.  O companheiro precisa ser paciente e carinhoso, mais do que nunca! Se necessário, visitas a psicólogos e terapeutas podem ajudar.

Depressão

Apesar de muitos considerarem a depressão como uma tristeza passageira, ela é algo bem sério e precisa ser considerada como uma doença. Logo, necessita de tratamento!

Na menopausa, ela acaba sendo o resultado da presença de todos os sintomas descritos acima, até outros mais. Os hormônios têm participação na sensação de prazer no organismo, como eles desregulados esse sentimento se torna menos frequente.

Além disso, fatores externos como uma rotina estressante, a falta de consideração de amigos e familiares e outras dificuldades podem resultar em quadros de depressão.

Como tratar a menopausa?

É fundamental entender que essa fase é algo natural e pontual. Porém, nenhuma mulher é obrigada a sofrer com os incômodos sintomas da menopausa. Entre as formas de tratamento, o mais recomendado são as alternativas naturais:

Suplementação Alimentar

Suplementos alimentares atuam no equilíbrio dos níveis hormonais, principalmente aqueles ricos em soja e linhaça, pois tem um efeito parecido com o estrogênio no organismo e ajudam a reduzir os incômodos da menopausa.

reposicao-hormonal

Exercícios Físicos

Atividades físicas sempre são bem-vindas, principalmente na menopausa. O metabolismo fica mais lento nessa fase, isso pode provocar o aumento de peso.

Além disso, praticar exercícios ajudam a diminuir as dores nas articulações, combatem a osteoporose, aliviam o estresse, ajudam na produção de hormônios que transmitem a sensação de prazer, diminuem os calorões e te ajudam a dormir melhor no fim do dia, só benefícios!

Alimentação Saudável

Para auxiliar na prática de exercícios e nos melhores efeitos dos suplementos alimentares, uma alimentação equilibrada é fundamental. Comer alimentos ricos em magnésio como soja, amêndoas e espinafre e zinco como aveia e verdura de verde-escuras renovam a massa óssea e o colágeno, beneficiando os ossos e a pele nessa fase.

Alimentos gordurosos, picantes e condimentos podem agravar em fogachos, já que promovem a liberação de uma grande quantidade de calor.

Lignanas encontradas em sementes e frutas e isoflavonas dos legumes (principalmente a soja) são considerados alimentos fitoestrógenos tem efeitos parecidos com o estrogênio no corpo e ainda ajudam no controle do colesterol e é uma forma de como tratar a menopausa.

Qualidade de Vida e Bem-estar na menopausa! 

Ao longo desse texto, apresentamos pesquisas e dicas de como tratar a menopausa. Compartilhe esse conteúdo e comente no espaço abaixo, assim podemos ajudar mais mulheres como você a superar essa fase delicada e promover dias melhores e mais saudáveis.

Deixe um comentário
Print Friendly