Conheça as principais causas do câncer de mama e previna-se!

Compartilhe
câncer de mama
A mamografia é recomendada para todas as mulheres, principalmente as de 40 anos ou mais, para prevenção do câncer de mama.

Conheça as principais causas do câncer de mama e previna-se!

O câncer de mama é um tumor maligno que se origina nas células mamárias e que afeta principalmente as mulheres, mas também pode se desenvolver nos homens.

Todos os anos milhares de mulheres morrem por causa desta doença, pois na maioria dos casos a detecção do problema é feita tardiamente, quando há pequenas chances de cura.

Se descoberto com até 1cm, as chances de cura do tumor chegam a 95%, por isso é importante que as mulheres façam o auto-exame regularmente e que mulheres com mais de 40 anos realizem a mamografia todos os anos, pois com o avanço da tecnologia é possível tratar o câncer.

Como os fatores de risco e as causas do mesmo são elementos chaves para a prevenção do problema, toda mulher precisa saber as principais causas da doença.

 

Idade e sexo: Como mencionado acima, este tipo de câncer atinge muito mais mulheres que homens, e na maioria dos casos o risco da doença aumenta com o passar da idade, especialmente após os 50 anos.

Histórico familiar: Alguns estudos comprovam que pessoas que tiveram histórico de câncer na família têm maior chances de sofrer da doença, como também de câncer de colo de útero, ovário ou cólon.

Genética: O câncer de mama também pode se desenvolver devido a um gene defeituoso transmitido por um dos pais, geralmente os defeitos encontrados são nos genes BRCA1 e BRCA2, que são responsáveis por produzir proteínas que protegem contra o câncer.

Ciclo menstrual: Se a mulher iniciou seu período menstrual antes dos 12 anos o risco de câncer aumenta, isso também acontece quando ela chega à menopausa, depois dos 55 anos.

Consumo de bebidas alcoólicas: Segundo alguns estudos consumir de 1 a 2 copos de álcool por dia pode potencializar as chances.

Parto: Mulheres que tiveram filhos depois dos 30 anos tem maiores chances de ter câncer de mama. Outra curiosidade é que, ter mais de uma gravidez numa idade considerada “jovem” reduz os riscos de desenvolver a doença.

Terapia com hormônios: Algumas mulheres fazem terapias com hormônios, principalmente durante a menopausa, mas não conhecem o alto risco do desenvolvimento do câncer de mama.

Obesidade: Ainda que não tenha sido completamente comprovado, acredita-se que mulheres com obesidade produzem mais estrogênio, o que estimula o desenvolvimento da doença.

Radiação: Radiografias ou tomografias aumentam o risco da doença consideravelmente, isso depende da dose recebida e idade que a pessoa tinha na época.

Alimentação: Algumas pesquisas acreditam que o fato de manter uma má alimentação aumenta os riscos da doença, como consumir muitos alimentos refinados, embutidos, gorduras saturadas, açúcares, entre outros.

Banner - C63

Deixe um comentário
Print Friendly