A importância do ActiveCell para a pele acima dos 30 anos

Compartilhe

Você já ouviu falar do ActiveCell? Ele é um suplemento que possui uma fórmula que combina peptídeos de colágeno, diversas vitaminas e minerais antioxidantes que combatem radicais livres e também atuam na síntese na preservação de novas fibras de colágeno e elastina.

Em termos práticos, o ActiveCell aumenta a flexibilidade da pele e ajuda a diminuir o surgimento de rugas e linhas de expressão. Além disso, o colágeno também é responsável por fortalecer as unhas e ajuda a rejuvenescer o cabelo. Ele também previne o aparecimento de celulites e o surgimento de estrias.

Começar cedo é importante

É recomendado que a suplementação com o ActiveCell seja iniciada a partir dos 30 anos. Para as mulheres na menopausa ele é ainda mais essencial, pois a partir daí ela passa a sofrer com a baixa da produção de estrogênio em seu corpo. Esse hormônio está diretamente ligado à produção de fibroblastos, os responsáveis pela produção de colágeno. Ou seja, a diminuição do estrógeno consequentemente acarreta a diminuição da síntese natural do colágeno.

Quando chegamos aos 30 anos, já há um decréscimo na produção de colágeno, tanto em relação aos homens, como em relação às mulheres. Perdemos em média 1% da produção de colágeno ao ano nessa fase. Na menopausa, como dissemos, essa produção é ainda mais comprometida, com a mulher chegando a produzir apenas 35% do colágeno necessário.

O colágeno é muito importante não só para a beleza da nossa pele, mas para a nossa saúde como um todo. Além da cútis, ele é essencial para os músculos e ossos. Inclusive, a falta de colágeno é um dos grandes responsáveis pelo aparecimento da osteoporose nos mais idosos.

Felizmente, o ActiveCell é capaz de ajudar em todos esses problemas decorrentes da baixa produção de colágeno. Ele vem na quantidade certa para ser consumido diariamente antes de dormir. Vale lembrar ainda que ele é hidrolisado, ou seja, passa pelo processo de hidrolise, que quebra as moléculas de colágeno em partículas menores para que o nosso corpo possa absorvê-lo mais facilmente.

E você, gostou de saber mais a respeito do ActiveCell? Deixe seu comentário abaixo caso tenha dúvidas e clique no banner presente neste artigo para obter mais informações.

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui