Falta de ar na menopausa: por que ficamos sem fôlego?

Compartilhe
falta-de-ar-na-menopausa

O choro do bebê é o primeiro movimento respiratório de levar ar para os pulmões, assim, já observamos desde os primeiros momentos da vida como a respiração tranquila é crucial. Descubra porque a falta de ar aparece na menopausa!

O que exatamente é a falta de ar?

Também chamada de dispneia, a falta de ar é um sintoma que faz a pessoa não ter uma respiração completa, criando um desconforto.

A falta de ar é notada pelo cérebro, assim, qualquer circunstância que faça diminuir a distribuição de oxigênio para as áreas, apresentará sinais no corpo, podendo ser devido a pouco ar no ambiente, obstrução das vias aéreas, redução da capacidade sanguínea no transporte de oxigênio ou redução da circulação do sangue.

Fatores que causam a falta de ar

Além dos problemas citados acima, algumas circunstâncias também podem gerar a falta de ar, como nos casos de:

  • ortopneia: é a dificuldade de respirar que acontece quando a pessoa está deitada;
  • dispneia paroxística noturna: falta de ar que aparece algum tempo depois que a pessoa adormece, onde normalmente a mesma acorda sentindo-se sufocada;
  • dispneia de decúbito: falta de ar que surge enquanto a pessoa está deitada de barriga para cima, que melhora quando se fica em pé, com os braços estendidos para frente. Este problema costuma aparecer em quem dorme com vários travesseiros;
  • trepopneia: falta de ar quando a pessoa deita lateralmente;
  • platipneia: insuficiência de ar quando a pessoa está em pé, que geralmente melhora quando ela se deita;
  • apneia: parada temporária da respiração, em qualquer posição. Uma forma muito conhecida deste problema é a Apneia do Sono, que desencadeia roncos altos durante o sono e sensação de cansaço ao acordar.

Por que surge a falta de ar na menopausa?

Durante o climatério podem ocorrer palpitações, aumento da pressão arterial e irregularidades no batimento cardíaco, devido à queda de hormônios que são importantes reguladores do organismo: o estrogênio e a progesterona.

Quando a palpitação se apresenta, as mulheres que sofrem com este sintoma costumam reclamar de que o coração fica muito acelerado, como se fosse sair pela boca. Esse mal-estar desencadeia um cansaço, devido à pequenos esforços, o que causa a falta de ar.

falta-de-ar-na-menopausa
falta de ar na menopausa

A frequência cardíaca irregular não está ligada somente a aceleração, mas também à redução do batimento cardíaco. Normalmente, o coração bate entre 60 e 100 vezes por minuto e quando o coração bate abaixo disto, também causa a fadiga, que gera falta de ar. Isso ocorre porque o fluxo sanguíneo fica baixo, assim, o corpo tende a fazer um esforço maior para equilibrar-se, podendo levar até ao desmaio.

O que fazer se faltar ar?

Repentina

Nos casos de falta de ar na menopausa por exemplo, é importante sempre manter-se calma, de preferência, sentando-se num lugar confortável e fechando os olhos, de um jeito no qual se consiga concentrar o pensamento na própria respiração. Após isso, inicie exercícios de inspiração e respiração, repetindo lentamente, aliviando a falta de ar.

Por doenças leves

Quando a falta de ar é causada por alguma doença passageira, como o resfriado ou a gripe, a vaporização do chá de eucalipto e até mesmo da própria água ajudam a desobstruir as vias aéreas, fazendo assim com que a passagem de ar seja facilitada, além de reduzir o desconforto.

Por doenças fortes

Quando causada por asma ou bronquite por exemplo, é necessário fazer uso de remédios específicos para desobstruir as vias aéreas, que normalmente um médico já recomendou. A inalação também é uma ótima aliada para recuperar o ar nesses casos.

“Problemas primários deixam os pulmões mais duros e menos maleáveis. Nesse caso, fica mais difícil fazer o movimento para entrar o ar e a troca gasosa também é dificultada…asma e bronquite também levam à falta de ar, mas nesses casos, é uma obstrução (inflamação nos brônquios) que dificultam a passagem do oxigênio.”

— Dr. Gustavo Magliocca

Lembre-se, se a falta de ar persistir, é importante ir ao médico com urgência!

Você sente a falta de ar na menopausa? Como isso impacta no seu dia a dia? Deixe seu depoimento aqui no Saudável e Feliz e ajude outras pessoas a entenderem como é.

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui