Desabafar com as amigas: as vantagens de dividir os problemas

Compartilhe
desabafar-com-as-amigas

A amizade é algo muito precioso na nossa vida, principalmente as verdadeiras. Ao longo da vida, algumas pessoas demonstram o seu valor e importância, principalmente em momentos difíceis que demandam uma conversa mais séria e íntima, como desabafar com as amigas, compartilhar um segredo, pedir conselhos etc.

Ao longo desse texto, vamos falar sobre a importância de ter boas amizades e como elas podem fazer a diferença em determinados momentos da nossa vida. Vamos lá!

Cotidiano difícil, amizades verdadeiras mais ainda.

Quando éramos adolescentes, costumávamos reclamar do tédio, da falta de liberdade, da obrigação de fazer algo que não gostávamos apenas para agradar a família, não víamos a hora de crescer!

Pois é, quando finalmente crescemos, notamos que a vida adulta que tanto desejávamos é repleta de responsabilidades e cobranças vindas de todos os lados. Afinal, uma mulher moderna acaba lidando com uma série de fatores ligados a profissão, a família, aos objetivos pessoas etc.

Entretanto, é fundamental lembrar que você não está e nunca esteve sozinha. Apesar da vida de cada um possuir seus desafios particulares, as amizades verdadeiras são maiores do que qualquer desafio que você esteja passando. Esse tipo de amizade pode ser derivado da infância, da faculdade, do trabalho, pode ser alguém da sua família ou até mesmo alguém que você conheceu numa noite qualquer, não importa o que desencadeou a sua ligação com a pessoa, desde que ela seja sincera e leal.

teste-autoestima

Amiga, me liga!?

Quem nunca precisou desabafar com as amigas? Naquele pico de estresse, muitas vezes a própria voz do amigo no telefone já pode nos acalmar. Dividir os problemas com alguém dá a sensação que o problema em si é menor, isso ajuda a encará-lo de forma mais consciente e paciente.

desabafar-com-as-amigas

Em alguns casos, compartilhar as aflições e inseguranças é quase uma terapia, já que guardar sentimentos negativos pode ser perigoso, prejudicando não só a própria pessoa, mas também aqueles que estão em volta. Ninguém gosta de pessoas que vivem reclamando de tudo e passando suas frustrações para os outros, desabafar é diferente de esculachar.

A empatia, conceito que se resume na atitude de se colocar no lugar do outro, é um posicionamento importante a ser lembrado. Da mesma forma que você pode estar passando por dificuldades, no futuro a sua amiga (o) pode passar por algo parecido ou até a mesma situação. Por isso, seja paciente e tente se colocar no lugar dela, afim de entender todas as dores que ela está passando. Lembre-se, não existe um caminho difícil ou longo demais, o que existe é um caminho.

Ser mulher em um mundo como o nosso.

Considerando a nossa sociedade machista, no qual o fato de ser mulher já é motivo de inferiorização, a luta a favor dos direitos das mulheres é constante. Essa luta é uma das bases do empoderamento feminino, ato de dar poder as mulheres e dizer que elas podem tomar as rédeas de suas vidas e escolher a forma como viverão, vestir-se, comportar-se, qual profissão irão seguir, o que irão estudar etc.

Aqui no Brasil, duas conquistas relacionadas ao empoderamento feminino são o direito ao voto de 1932 e a aprovação da Lei Maria da Penha em 2006, que protege as mulheres da violência doméstica.

Vale a pena lembrar da necessidade da equidade de gênero, que é diferente da igualdade. Já que homens e mulheres não têm as mesmas necessidades e é preciso levar em conta essas diferenças de várias formas. Proporcionando assim condições dignas de trabalho, para as mulheres, com acesso a cargos altos, igualdade de salários, oportunidades, respeito no ambiente de trabalho etc.

Amor próprio e desabafar com as amigas fazem a diferença.

Ao longo do texto, discutimos sobre parte dos desafios da mulher moderna e levantamos os benefícios de desabafar com as amigas, já que uma conversa sincera e equilibrada pode tirar aquele peso enorme das nossas costas e somar no nosso bem-estar.

Contudo, a nossa dica final se resume em uma palavra: confiança! Isso mesmo, seja você mesma, confie nos seus instintos e viva intensamente. Seja a mulher que você deseja ser sem medo de errar.

Afinal, desabafar com as amigas ajuda muito, mas já pensou em uma vida em que você não precisa desabafar tanto e simplesmente leva uma vida leve sem se preocupar tanto com o que os outros pensam de você? Fica a dica!

quer-saber-como-seu-corpo-funciona

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui