Por que as chances de ter miomas diminuem na menopausa?

Compartilhe
miomas-na-menopausa

Os miomas são tumores benignos que podem se desenvolver em algumas partes do corpo, principalmente no útero, a doença pode gerar muitos desconfortos como inchaços, aumento do volume abdominal ou sangramentos fora do ciclo menstrual.

Eles são mais comuns do que se imagina, 3 a cada 10 mulheres em idade fértil podem sofrer com os tumores, isso acontece só com mulheres no período reprodutivo, pois o surgimento da doença está ligado aos níveis de hormônio estrogênio, sendo assim, miomas na menopausa tem menos chances de se manifestar.

Para descobrir um mioma é preciso que a mulher fique atenta aos sinais que o corpo apresenta, as dores não são frequentes, mas na maioria dos casos podem ocorrer inchaços no abdômen, aumento do fluxo sanguíneo, extensão do ciclo menstrual e dores durante o sexo. A  frequência ou intensidade que esses sintomas irão se apresentar podem variar de acordo com o tamanho ou a quantidade de miomas. Em grande parte dos casos a mulher não precisa fazer nenhum tratamento, porém se os sintomas começarem a atrapalhar no dia ­a­ dia é importante procurar um ginecologista que pedirá os exames e passará o tratamento ideal para cada caso.

O SUS oferece três tipos de tratamentos para miomas na menopausa ou fora dessa etapa.

Medicamentos: Servem para cessar o sangramento e o crescimento dos miomas, pílulas anticoncepcionais podem auxiliar, pois mantem baixo o hormônio estrogênio que nutre o tumor.

Cirurgia: Só são indicadas quando os miomas estão muito grandes ou quando afetam a reprodução. Na cirurgia é feita a retirada do mioma e algumas vezes até do útero inteiro, o que é chamado de Histerectomia.

miomas-na-menopausa

Embolização: É uma técnica que inibe o fluxo sanguíneo para o mioma, porém é pouco usada pois pode causar complicações como infecções.

Os tipos de miomas

Mioma Intramural

Esse é o tipo mais comum, não apresentam sintomas e nem interferem na rotina da mulher.

Mioma Suberoso

Fica na parte mais externa das paredes uterinas e causam aumento no volume abdominal.

Mioma Submucoso

Pode provocar sangramentos e se desenvolve próximo a cavidade do útero, podendo sair pela cavidade.

O surgimento do miomas na menopausa ou fora dela pode estar ligado a fatores genéticos, ganho de peso excessivo, ingestão de comidas muito gordurosas, infecção urinária, corrimentos, diabetes ou pressão alta.

reposicao-hormonal

Esse tipo de tumor pode ter de 5 a 6 centímetros e pode ser encontrado de um a vários no ovário. Ele é detectado por meio de exame ginecológico e ultrassom, por isso o acompanhamento de um ginecologista é indispensável para a mulher, principalmente se a  mesma estiver procurando engravidar, pois ele atrapalha na fertilidade impedindo a penetração do espermatozoide ou pode causar sangramentos que causam o aborto espontâneo.

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email