Mantenha o cérebro ativo! Aprenda 5 formas de estimular a mente

Compartilhe

Não é raro escutar que a meia-idade, uma época tão cheia de mudanças no corpo e na mente, é também um período em que o nosso cérebro costuma desacelerar um pouquinho. Tal como acontece com os músculos, cheios de força e vigor nas primeiras décadas da vida, a capacidade produtiva da nossa massa cinzenta, crucial ao logo de toda a vida, vai gradualmente decaindo com os anos.

O que fazer para contornar essa situação? A resposta é bem simples: é preciso estimular o nosso cérebro, mantê-lo permanentemente na ativa. Prossiga com a leitura e descubra algumas dicas para obter sucesso ao fazer isso!

Faça tudo ao contrário

Quer manter o cérebro desperto e constantemente desafiado? Que tal fazer as tarefas rotineiras com uma pitada de diferente? Escolha caminhos novos para os lugares em vez de seguir os trajetos habituais, coloque o relógio no pulso contrário ao que você costuma usar, etc. Testar as coisas de um modo diferente pode estimular o cérebro a sair do marasmo.

Invista em jogos

Engana-se quem crê que jogos sejam somente brincadeira de criança. Quer uma prova disso? Uma boa rodada de palavras-cruzadas pode ser uma excelente pedida para quem quer manter o cérebro ativo e estimular as capacidades intelectuais. Jogos improvisados também funcionam muito bem para esse propósito: procure uma palavra nova no dicionário e formule cinco frases em que ela se encaixe com perfeição.

Memorizar a lista do supermercado e resumir as notícias do noticiário da TV também são jogos interessantes para quem procura manter as habilidades cognitivas em pleno funcionamento.

Durma direito

Pode parecer contraditório sugerir que você durma para manter um cérebro ativo, mas essa é uma grande verdade. Para funcionar corretamente e se recuperar para todas as atividades do novo dia, o nosso corpo precisa de descanso. Por isso, ajeite o travesseiro direitinho e acomode-se confortavelmente no meio das cobertas. O ideal é garantir um mínimo de seis horas e meia de sono por noite — veja como dormir melhor durante a menopausa.

Leve uma vida saudável

Hábitos nocivos ao nosso corpo, como o fumo e o sedentarismo, podem exercer influência negativa também nas nossas habilidades cognitivas. Para o cérebro estar tinindo, é preciso manter uma alimentação balanceada e variada (garantir que todos os nutrientes estejam sendo consumidos na quantia certa), bem como exercícios em dia: hidroginástica, musculação, pilates, etc.

Não importa a modalidade, o importante é garantir que a atividade não gere lesões no seu corpo. Para isso, consulte seu médico antes começar!

Baixe o nosso material exclusivo sobre Alimentação Saudável: O guia de como comer e viver bem! Clique na imagem abaixo e saiba mais!

Esteja aberto a novidades

Descobrir novos lugares, conhecer pessoas, experimentar sabores e desfrutar de novas paisagens. Tudo isso estimula, e muito, as nossas habilidades cognitivas. Não deixe que a rotina te acomode e lembre-se sempre de que nunca está tarde demais para tentar algo novo!

E então? Gostou das dicas? Tem outras ideias para manter o cérebro na atividade com o passar dos anos e estimular a cognição na terceira idade? Fique de olho no nosso blog para outras dicas sobre bem-estar na terceira idade!

Deixe um comentário
Print Friendly