Conheça os benefícios da meditação para a saúde do seu corpo e de sua mente

Compartilhe
beneficios-da-meditacao-na-menopausa
benefícios da meditação na menopausa.

A meditação é uma prática milenar, conhecida e adotada por pessoas de diversos perfis e necessidades. O que pouca gente sabe é que dentre os diversos benefícios da meditação, tanto para a mente quanto para o corpo, estão também alguns voltados para uma das fases mais difíceis que a mulher passa: a menopausa. Você sabia que a meditação na menopausa pode contribuir muito para com o seu bem-estar?

Para que você entenda melhor tudo que a meditação na menopausa tem a lhe oferecer e como ela contribui para a saúde do seu corpo quanto para a sua mente, selecionamos algumas das vantagens em incorporar esta prática em sua rotina diária.

Aumento da concentração

Problemas relacionados à concentração são recorrentes às mulheres que sofrem com os efeitos da menopausa. Nesse sentido, a meditação é uma grande aliada. Por exigir um maior esforço para se desconectar do mundo exterior e favorecer uma imersão pessoal, a prática auxilia no dia a dia aumentando a concentração em atividades de rotina.

os-beneficios-da-meditacao-na-menopausa

A meditação na menopausa proporciona mais equilíbrio emocional

Um dos sintomas constantemente indicados por mulheres que sofrem os efeitos da menopausa é em relação a alteração constante de humor, que acarreta em muitos casos um alto nível de estresse e até mesmo sintomas de depressão. A meditação torna-se então uma alternativa bastante viável para quem deseja fugir das medicações e ansiolíticos, sem perder a qualidade de vida.

Apesar de não ser uma tarefa fácil, a prática da meditação, aliada à respiração adequada, contribui, por meio da imersão, com o autoconhecimento. Dessa forma é possível controlar melhor os impulsos, conter as emoções e, dessa forma, propicia mais equilíbrio e qualidade de vida.

É um poderoso anti-inflamatório

Muitas doenças estão diretamente ligadas ao estresse. Isso porque, apesar de não nos lembrarmos com frequência, a nossa mente dita várias das reações do nosso corpo – não em vão é famosa a frase “mente sã, corpo são”. Com a prática da meditação você tende a desligar do mundo exterior, reduzindo o índice de estresse. Dessa forma, mesmo sem saber, você está trabalhando para beneficiar o seu corpo.

“Uma nova pesquisa pode ajudar a explicar a ligação entre mente e corpo, com um estudo mostrando que os adultos que praticaram a meditação não só tiveram sua conectividade cerebral alterada, como também tiveram redução nos níveis de interleucina 6 (IL-6) – uma interleucina que atua como uma citocina pró-inflamatória e uma miocina anti-inflamatória – em apenas quatro meses. Isso é importante pois, em doses elevadas, a interleucina-6 tem sido associada a doenças relacionadas à inflamação, como o câncer, alzheimer e doenças autoimunes.” 

-Bruno Rizzato, Jornal da ciência. 

Contribui para a redução de dores crônicas

A prática contínua da meditação na menopausa é uma grande aliada para a redução de dores crônicas geradas por problemas lombares e artrite, por exemplo.  Este benefício foi constatado após um longo estudo realizado por Pierre Rainville e equipe na Universidade de Montreal, situada no Canadá.

[…] como a meditação vai aliviar a dor? Vai desviar o foco de atenção? Deve-se ter em mente que dor não tem apenas um componente físico ou discriminativo, há também elementos cognitivos-motivacionais, que são responsáveis pelo comportamento e emoções frente à dor crônica. Assim, a meditação pode ser definida como uma forma de treinamento mental que visa melhorar as capacidades psicológicas básicas de um indivíduo, como auto-regulação atencional e emocional. É neste sentido que esse método vai auxiliar pacientes com dor crônica.” 

-Rafael Vercelino, PhD, Fisioterapeuta, Doutor em Fisiologia Humana. 

A meditação na menopausa contra as ondas de calor e outros sintomas

Pode acreditar – foi cientificamente comprovado! Um estudo americano realizado no ano de 2002 na Inciativa Pela Saúde da Mulher constatou que a meditação e o relaxamento geram benefícios diretos durante o período da menopausa. A prática reduz o estresse, a ansiedade, propicia melhores noites de sono e reduzem as ondas de calor típicas da fase.

reposicao-hormonal

No estudo, os benefícios foram apresentados àquelas mulheres que mantiveram a meditação em sua rotina por um período de três meses – mais um argumento para começar hoje mesmo a meditar!
E você, já conhecia os benefícios da meditação para a saúde do seu corpo e da sua mente?  Sabia que ela é uma grande aliada para a fase da menopausa? Aproveite o espaço para comentários abaixo e compartilhe conosco as suas experiências!

 

Deixe um comentário
Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui